Roberto Lima nasceu em Pedra Corrida, Minas Gerais e vive nos Estados Unidos desde 1984. Jornalista e escritor, publicou Colosso Ciclone e Tango Fantasma.

Notícia523
outubro, 2019
  • Verissimos

    Quando eu comecei a escrever crônicas queria ser dois caras. Rubem Braga e Luis Fernando Verissimo f ...

  • A grande engrenagem

    Acabou o verão. E fica aquela melancolia, aquela pontada fininha no coração. Não sei se aproveitei o ...

  • Rascunho sobre as lonjuras

    Os estrangeiros dizem que a saudade é um termo exclusivamente brasileiro. Eu não concebo que um finl ...

  • Os morcegos de Coimbra

    Sofro de bronquite alérgica. É sempre um calvário quando chega outubro ou entro em algum lugar muito ...

setembro, 2019
  • Conflitos sonoros

    Tenho sofrido muito com o gosto musical de minha filha caçula, a Clarice. Mal chega da escola, ela l ...

  • Era azul a manhã

    Fui dormir muito tarde na noite anterior e me dei ao luxo de ficar um pouco mais na cama. Era um uma ...

  • Das estranhas invenções

    “A maioria dos homens vive vidas de silencioso desespero” ― Henry Thoreau As mãos espalmadas esconde ...

  • Às vezes morremos  

    Às vezes morremos pisoteados por multidões ensandecidas no sanatório das ruas de uma cidade em chama ...

agosto, 2019
  • O absurdo das febras

    Erasmo Carlos escreveu num de seus grandes sucessos que é uma mentira absurda, a disseminação da inf ...

  • Carta para a Marina

    ‘Marina, morena, menina, você me pintou.’ E foi a única pessoa a fazê-lo nestes meus 56 ...

Mostar mais publicações