Agentes do ICE prendem 3 brasileiros em New Jersey

Foto31 Prisao ICE 1024x577 Agentes do ICE prendem 3 brasileiros em New Jersey
O alvo era criminosos foragidos, deportados que reentraram no país e violadores das leis de imigração (ICE)

A operação durou 5 dias e resultou na detenção de 101 estrangeiros, com idade entre 20 e 71 anos

Um imigrante indocumentado mexicano, condenado por abusar sexualmente de um menor de idade, está entre os 101 estrangeiros detidos durante a batida de 5 dias realizada pelo Departamento de Imigração (ICE) em New Jersey. A ação ocorreu semana passada e o alvo era criminosos foragidos, deportados que reentraram no país e violadores das leis de imigração. A operação teve o apoio do Setor de Investigações do Departamento de Segurança Nacional (HSI) e o escritório da Patrulha da Fronteira (CBO) no Estado Jardim.

Conforme o escritório do ICE em Newark, entre os detidos na batida, liderada por agentes do Setor de Operações de Remoções e Cumprimento das Leis (ERO), 88% deles eram condenados e 80% tinham cometido delitos. A operação em New Jersey ocorreu poucos dias depois que o ICE anunciou o aumento de 40% nas detenções no país com relação ao mesmo período no ano passado. O órgão detalhou que 92% dos detidos tinham antecedentes criminais ou acusação criminal pendente, eram foragidos do ICE ou foram deportados e reentraram clandestinamente no país.

“Os resultados contínuos dos nossos agentes do (Setor) Operações de Fugitivos e seus parceiros na segurança destacam o esforço contínuo do ICE com a segurança pública”, disse John Tsoukaris, diretor do ERO de Newark. “Como parte dessa operação, nós continuamos a focalizar na prisão de indivíduos que são criminosos e representam risco à segurança pública local e nacional. Devido ao esforço incansável desses profissionais, há menos 101 criminosos em nossas vizinhanças”.

“O HSI está comprometido em nivelar a sua ampla jurisdição para ampliar a segurança pública em New Jersey”, disse Michael McCarthy, agente especial responsável pelo HSI em Newark.

Entre as 101 pessoas presas em New Jersey estão: 3 brasileiros, 4 colombianos, 1 congolês, 3 costa-riquenhos, 4 cubanos, 18 dominicanos, 2 equatorianos, 2 egípcios, 7 salvadorenhos, 1 etíope, 1 georgiano, 6 guatemaltecos, 3 guianenses, 3 haitianos, 8 hondurenhos, 1 jamaicano, 2 coreanos, 1 liberiano, 15 mexicanos, 1 nicaraguense, 1 nigeriano, 1 paquistanês, 2 filipinos, 2 peruanos, 1 português, 2 espanhóis, 2 turcos, 1 britânico, 1 ucraniano, 1 venezuelano e 1 vietnamita.

As idades variam entre 20 e 71 anos. Alguns deles haviam sido condenados por crimes que incluem abuso sexual de menor, abuso infantil, posse de narcóticos, distribuição de narcóticos, roubo, invasão de privacidade, dirigir intoxicado (DUI), fraude, posse de pornografia infantil, violência doméstica, agressão, recepção de propriedade roubada, furto, posse ilegal de arma, invasão, estelionato, agressão com agravante, agressão com agravantes contra autoridade, agressão com veículo, roubo de loja, invasão de privacidade, gravação de ato sexual sem consentimento, resistir à prisão, pôr em perigo o bem-estar de menor e reentrada clandestina no país.

As detenções ocorreram nos seguintes condados em New Jersey: Atlantic (2), Bergen (6), Burlington (7), Camden (11), Cumberland (3), Essex (14), Hudson (15), Mercer (6), Middlesex (11), Monmouth (3), Morris (1), Passaic (9), Somerset (4) e Union (6). Já em Nova York, os condados foram: Kings (1), New York (1) e Suffolk (1).   

Related posts

Comentários

Send this to a friend