Agressão à brasileira na Flórida viraliza na internet

Foto20 Melissa L. Gentz Agressão à brasileira na Flórida viraliza na internet
As fotos postadas por Melissa Gentz no Instagram foram compartilhadas mais de 1 milhão de vezes (Foto: Instagram)
Foto20 Erick Bretz Agressão à brasileira na Flórida viraliza na internet
Erick Bretz foi liberado da penitenciária depois de ter pagado a fiança de US$ 60 mil (Foto: HCSO)

A mineira Melissa Gentz postou no instagram fotografias revelando os ferimentos provocados pela agressão

Ela alega que foi agredida fisicamente pelo namorado e compartilhou online a foto dos ferimentos para provar. A estudante Melissa Gentz, de 22 anos, natural de Belo Horizonte (MG), foi atacada por Erick Bretz, de 23 anos, filho de um magnata no ramo de supermercados, também natural da capital mineira, num apartamento no centro de Tampa (FL). Entretanto, 3 dias depois, a aluna da University of South Florida não teve receio de mostrar os hematomas nas redes sociais. A brasileira postou uma “selfie” no Instagram revelando as manchas roxas e negras em volta dos olhos vermelhos. O relacionamento do casal durava 3 meses e o incidente ocorreu no apartamento dele, em 23 de setembro.

O Departamento de Polícia de Tampa escreveu no boletim de ocorrência policial (BO) que Bretz tornou-se “argumentativo e ciumento” depois de ingerir uma pílula para dormir e tomar 4 latas de cerveja e vários copos de vinho. O documento registrou que Erick jogou Melissa no chão, chutou-a no rosto e a sufocou com as pernas.

No dia seguinte, ela postou novamente no Instagram uma foto dela trajando um vestido de cor preta. “Eu estou postando novamente essa fotografia porque o meu ex-namorado a apagou sem o meu consentimento”, escreveu ela. “Ele me disse que mulheres que têm namorados não poderiam ter fotos ‘mostrando os seios delas”.

Melissa estuda Biologia nos EUA e Erick é famoso por participar do circuito Campeonato Brasileiro de Motocross desde os 15 anos.

“Vocês sabem como nós geralmente temos um lado do rosto que gostamos mais? Eu gosto do meu lado esquerdo. Infelizmente, é o lado que foi gravemente ferido pela violência”, disse ela na legenda da foto. “Hoje, foi o primeiro dia em que senti vontade de passar alguma máscara e blush no lado direito do meu rosto. Eu não vou esconder as marcas da minha história porque NENHUMA mulher dever sentir-se envergonhada ou culpada por ter sido vítima de violência doméstica”.

Quatro dias depois, ela postou outra foto do rosto ferido, mas dessa vez, Melissa estava entre um buquê de flores. “A vida continua e todos nós somos fortes o suficiente para nos colocar em primeiro lugar”, postou.

O jornal Tampa Bay Times publicou que as fotografias rapidamente viralizaram no Brasil e que já foram compartilhadas mais de 1 milhão de vezes, conquistando o apoio de anônimos e famosos.

“Corajosa. Fazer o que você fez é importante e necessário”, postou o galã de novelas João Vicente de Castro, quando compartilhava a postagem de Gentz. “Eu tenho orgulho de pessoas como você. Nós estamos contigo”.

“Mulheres pelo amor de Deus, prestem atenção aos sinais. Pelo amor de Deus, vamos nos unir, já passou da hora”, postou a atriz e modelo Luíza Brunet.

Bretz foi liberado da penitenciária depois de ter pagado a fiança de US$ 60 mil e recebe a ordem de manter-se afastado de Gentz, segundo documentos.

 

Related posts

Comentários

Send this to a friend