Americano casa com 6 indocumentadas por dinheiro em MA

Foto9 Casamento falso 1024x656 Americano casa com 6 indocumentadas por dinheiro em MA
Os investigadores especulam que o Peter Hicks tentou legalizar 4 das 6 esposas

Peter Hicks contraiu matrimônio com 6 mulheres, todas naturais do continente africano, ao longo de 10 anos

Um americano residente em Massachusetts recebeu dinheiro para se casa com 6 mulheres africanas que esperavam se tornar residentes legais permanentes nos EUA, segundo as autoridades. Peter Hicks, de 58 anos, causou-se fraudulentamente com Grace Muiru, Lucy Marcharia, Nafisah Abdul Salam, Ângela Chambe, Nancy Waweeru e Josephine Acquah ao longo de 10 anos, entre 2003 e 2013. Ele se casou com as mulheres, todas naturais do continente africano para se desviar das leis de imigração, detalharam as autoridades federais.

Quatro meses depois do casamento em dezembro de 2013 com Josephine Acquah, Hicks preencheu a petição I-130, o primeiro passo para ajudar um parente a obter o status legal permanente. A petição foi negada pelas autoridades federais, alegando que Peter ainda estava casado com outra mulher na ocasião.

Ainda conforme a acusação criminal, Hicks também foi contratado para encontrar outros americanos dispostos a se casarem por dinheiro. Os investigadores especulam que o réu tentou legalizar 4 das 6 esposas. Ele, morador em Worcester (MA), foi acusado na terça-feira (30) de fraude matrimonial, informou a Promotoria Pública de Massachusetts.

As autoridades começaram a suspeitar do caso em maio de 2009, depois de uma entrevista num escritório do Departamento de Cidadania & Serviços Migratórios (USCIS) durante o processo de legalização de uma das esposas estrangeiras. Naquela época, ele já tinha se casado com 4 mulheres, as quais ele admitiu ter se casado somente para regularizar o status migratório delas. Ele revelou que havia sido pago para recrutar outros cidadãos a fazer o mesmo. Entretanto, foi em 2014, quando ele já havia se casado com mais 2 mulheres que o Departamento de Segurança Nacional ficou alerta.

Ele detalhou que os casamentos com as duas mulheres também foram por dinheiro. Hicks alegou que encontrou Deus, então, resolveu “passar tudo a limpo”. A acusação policial não detalha porque foi somente agora que ele foi acusado, quais foram as pessoas que o pagaram e onde as ex-esposas estão agora.

 

 

Related posts

Comentários

Send this to a friend