Arpaio é processado por tentar “sabotar” Senador Jeff Flake

Foto15 Austin Flake e Joe Arpaio Arpaio é processado por tentar “sabotar” Senador Jeff Flake
Austin Flake (esq.) e Joe Arpaio (dir.) travam uma batalha na justiça no Arizona

O filho do congressista, Austin Flake, acusa o ex-xerife de tentar prejudicar a imagem do pai

O filho do senador republicano do Arizona, Jeff Flake, iniciou uma ação judicial contra Joe Arpaio, alegando que o ex-xerife acusou o legislador com o objetivo de obter publicidade e ganhos políticos. Austin Flake alega que Arpaio, conhecido como o “xerife caçador de ilegais”, acusou ele e a ex-esposa de crueldade animal na tentativa de prejudicar indiretamente a carreira política do pai.

Em 2014, Austin e a então esposa tomavam conta de um canil administrado pelos pais dela quando um aparelho de ar-condicionado queimou durante a madrugada, fazendo com que 21 cães morressem de excesso de calor. Na ocasião, Arpaio vasculhou a residência do Senador e examinou os registros telefônicos de Austin, na tentativa de ligar o incidente ocorrido com os cães a Jeff, segundo o processo.

Stephen Montoya, o advogado que representa Austin e a ex-esposa, disse que “isso jogou os nomes deles na internet como os assassinos de 21 cães. Isso os arrasou emocionalmente”.

O caso contra os Flake foi eventualmente cancelado a pedido dos promotores públicos e os donos do canil assumiram a culpa depois que um especialista determinou que o aparelho de ar-condicionado falhou porque não teve a manutenção apropriada.

Em depoimento, Arpaio não assumiu a responsabilidade por apresentar as acusações contra o casal. “Eu sigo aquilo que os meus detetives apuram durante as investigações deles”, alegou.

Apesar de o Juiz Distrital Neil Wake ter anulado a alegação de difamação na ação judicial, ele determinou que os investigadores não tinham uma causa sólida para acusarem o casal.

“Uma análise dos fatos revelaria razoavelmente que os promotores públicos acusaram os Flakes baseados na pressão de Arpaio”, escreveu ele.

A promotora que apresentou as acusações no tribunal alegou que não foi pressionada por Arpaio em acionar o casal e que a decisão de apresentar o caso a um júri popular partir dela e seus supervisores.

Arpaio e Jeffrey Leonard, advogado que representa o Condado de Maricopa e o ex-xerife, evitaram comentar o caso, cujo julgamento será em 5 de dezembro.

Jeff Flake, que criticou a abordagem de Arpaio com relação à imigração, tem sido um dos poucos legisladores republicanos no Congresso a criticar abertamente o Presidente Donald Trump. Arpaio, por outro lado, teve a sentença de prisão, por ter desobedecido ordens judiciais, anulada pelo Presidente.

Related posts

Comentários

Send this to a friend