Ativista brasileiro é expulso de conferência do Vice-Presidente Mourão em MA

Foto26 Dario Galvao Ativista brasileiro é expulso de conferência do Vice Presidente Mourão em MA
O ativista Dario Galvão era produtor de uma rádio local (Foto: BT)

Dario Galvão teria sido expulso por usar credenciais falsas para ter acesso ao evento

O ativista Dario Galvão, depois de anunciar que ele teria sido o responsável pela vinda do Vice-presidente Hamilton Mourão a Massachusetts, foi excluído do grupo responsável pelo evento ao qual o político brasileiro participou nos EUA, o Brazil Conference. Na realidade, de acordo com informações dos próprios organizadores, Dario não teve nenhuma influência na vinda de Hamilton Mourão à Universidade de Harvard, onde ele se encontrou com ativistas, líderes comunitários e estudantes brasileiros, e tampouco intermediou a conversa com assessores dele. As informações são do jornal Brazilian Times.

Vice-presidente do Brasil, o ex-general Antônio Hamilton Martins Mourão (PRTB), se encontrou com imigrantes em Boston (MA). Na ocasião, ele se reuniu com líderes comunitários brasileiros.

Na sexta-feira (5), Mourão participou do encontro organizado por estudantes brasileiros da Universidade de Harvard e do Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT). Além disso, no sábado (6), o vice-presidente se reuniu com imigrantes moradores em Massachusetts. Nesse mesmo dia, ele se encontrou com Roberto Mangabeira Unger, professor da Harvard. Posteriormente, Hamilton viajou para Washington (DC), onde participou em eventos realizados em centros de pesquisas.

. Expulso da palestra:

De acordo com o jornalista Thathyanno Desa, do Brazilian Globe, além de ser excluído do grupo de imprensa, Galvão teria sido expulso da palestra por usar credenciais falsas para ter acesso ao local. O caso está sendo investigado pelo Departamento de Polícia de Cambridge (MA).

o Serviço de Inteligência do Brasil já alertou Dario Galvão e ordenou que ele não se aproxime do Vice-Presidente.

Dario era produtor de uma rádio e Desa já está investigando a história e conversando com todos os envolvidos. Ele afirma que existe um boletim de ocorrência registrado na polícia de Cambridge e que nesta segunda-feira (8) iria ao departamento para obter uma cópia.

A redação do jornal Brazilian Times entrou em contato com a assessoria de imprensa da Brazil Conference, mas não obteve êxito.

 

Related posts

Comentários

Send this to a friend