Ativistas criam fundo em prol de carteiras para indocumentados em NY

Foto24 Ativista em NY Ativistas criam fundo em prol de carteiras para indocumentados em NY
Os ativistas calculam que permitir que os indocumentados obtenham a carteira de motorista afetará aproximadamente 265 mil pessoas

A NYIC planeja recolher pelo menos US$ 1 milhão que serão usados para pressionar os legisladores estaduais a votar no tema

Um grupo de ativistas defensores da imigração em Nova York se prepara para lançar uma campanha de US$ 1 milhão cujo objetivo é pressionar o estado para emitir carteiras de motorista aos moradores indocumentados. A New York Immigration Coalition (NYIC) liderará o esforço e usará sua influência política para financiar um grupo que focalizará nos políticos eleitos, detalhou Steven Choi, diretor executivo da ONG.

Com o Presidente Donald Trump “demonizando” os imigrantes indocumentados e a administração permitindo batidas migratórias, a NYIC disse que o Governador Andrew Cuomo e a legislatura devem cumprir as promessas feitas durante as campanhas.

“Nós vamos arregaçar as mangas nesse ano”, disse Choi. “O nosso objetivo é focalizar todos os legisladores no estado de Nova York. Nós achamos que faz muito sentido”.

Aquela que poderá ser a maior campanha já organizada pela ONG, o maior grupo de ativistas no estado, há o plano de gastar pelo menos US$ 1 milhão em anúncios de TV, rádio e as redes sociais, assim como outdoors. A campanha, que começará daqui a poucos dias, também envolverá esforço de lobby, envolvimento da mídia e trabalho de campo em Albany e nos distritos dos legisladores. O NYIC contratou o grupo de consultoria Metropolitan Public Strategies para ajudar a liderar o esforço.

Atualmente, 12 estados, incluindo Califórnia, Connecticut, Illinois, Maryland e Utah, já emitem carteiras de motorista para os moradores que não possuem o número do Seguro Social. Eliot Spitzer, quando era governador de Nova York em 2007, emitiu uma ordem executiva para tornar os moradores indocumentados no estado elegíveis para obter a carteira de motorista. Entretanto, ele voltou atrás depois de receber uma avalanche de críticas e ameaças de ações judiciais, incluindo muitos escritórios públicos no condado que administram as filiais do Departamento de Veículos Automotores (DMV), que ameaçaram não acatar a política. O assunto também pegou Hillary Clinton de surpresa durante o debate presidencial em 2007, quando foi perguntada sobre isso. Entretanto, a ideia vem ganhando apoio depois que a administração Trump vem perseguindo os indocumentados.

“Nós achamos que já é tempo de exorcizar o fantasma do Eliot Spitzer e vencer onde ele falhou”, disse Choi. “Se o Governador Cuomo está tentando proteger os imigrantes de Donald Trump e a administração dele, como diz, essa é a política nº 1 que podemos adotar para fazer isso”.

Os ativistas calculam que permitir que os indocumentados obtenham a carteira de motorista afetará aproximadamente 265 mil pessoas, o que Choi detalha poderia ajudar a baixar o valor do seguro para todos os nova-iorquinos, ao mesmo tempo em que tornará as ruas mais seguras, pois os motoristas serão submetidos a treinamento e teste de direção. Com os democratas controlando Senado e Câmara dos Deputados estaduais pela primeira vez numa década, os apoiadores acham que o assunto a mais alta possibilidade de ser aprovado. Entretanto, alguns legisladores nos subúrbios e parte alta do estado demonstrem reticência.

Cuomo e a legislatura têm priorizado a criação do DREAM Act estadual que permitiria aos estudantes universitários cujos pais são indocumentados acesso a programas estaduais de ajuda ao pagamento das mensalidades. Apesar de os ativistas apoiarem tal proposta, eles também acreditam que o estado deva seguir em frente e lidar com o tema da carteira de motorista.

 

Related posts

Comentários

Send this to a friend