Ativistas criticam democratas que apoiaram “Kate’s Law”

Foto29 Cristobal Alex Ativistas criticam democratas que apoiaram “Kate’s Law”
“Eu acho vergonhoso que esses membros, esse punhado de democratas, decidiram ficar do lado de Donald Trump ao invés dos latinos e imigrantes”, disse Alex

Seis dos 24 democratas que votaram a favor da Kate’s Law receberam contribuições de campanha do CHC

Um grupo proeminente de ativistas hispânicos considerou “vergonhosa” a decisão de vários deputados federais democratas de votarem a favor de um projeto de lei que tornam mais rigorosas as penalidades para os imigrantes indocumentados que reentrarem clandestinamente nos EUA depois de serem deportados. O Congressional Hispanic Caucus (CHC) recriminou os 24 democratas que votaram sim para a “Kate’s Law”, em junho.

A Kate’s Law foi batizada em homenagem à Kate Steinle, de 32 anos, que foi assassinada em 2015, em San Francisco (CA), por um imigrante indocumentado. As autoridades identificaram o matador como Juan Francisco Lopez Sanchez, um criminoso condenado que já havia sido deportado 5 vezes, mas retornou aos EUA. A proposta, aprovada por 257 votos contra 167, foi uma das duas relacionadas à imigração votadas com sucesso pela Câmara dos Deputados em 29 de junho.

Seis dos 24 democratas que votaram a favor da Kate’s Law receberam contribuições de campanha do CHC e são particularmente alvos de críticas. Esses seis legisladores democratas são: Kyrsten Sinema (Ariz.), Stephanie Murphy (FL), Charlie Crist (FL), Tom O’Halleran (Ariz.), Ann McLane Kuster (NH) e Josh Gottheimer (NJ).

“Eu acho vergonhoso que esses membros, esse punhado de democratas, decidiram ficar do lado de Donald Trump ao invés dos latinos e imigrantes; ao invés de seus próprios eleitores”, disse Cristóbal Alex, presidente do Latino Victory Project, um grupo de defesa de candidatos hispânicos.

Segundo o Center for Responsive Politics, os 6 democratas receberam o total de US$ 20.500 do Bold PAC do CHC. Alex disse que a quantia pode ser pequena em comparação com os padrões das campanhas modernas, mas representa uma demonstração de apoio que os legisladores “não devem ignorar”.

A Kate’s Law, que enfrenta oposição forte dos democratas no Senado, visa ampliar as penalidades máximas para criminosos e estrangeiros que tentarem reentrar nos EUA depois de terem sido deportados, negados a entrada ou removidos.

Related posts

Comentários

Send this to a friend