Baker promete vetar carteiras para indocumentados em MA

Foto21 Charles Baker Baker promete vetar carteiras para indocumentados em MA
“Eu certamente vetaria uma legislação que vai além daquilo em que trabalhamos com a Legislatura com base bipartidária para vigorar”, disse Baker

O Governador adiantou que não assinaria um projeto de lei que concedesse o documento aos indocumentados que residem no estado

O Governador Charles Baker disse que “certamente vetará” um projeto de lei que concederia a carteira de motorista aos imigrantes indocumentados que moram em Massachusetts. Críticos da proposta alegam que ela tornaria o estado num imã para fraudes.

“Eu certamente vetaria uma legislação que vai além daquilo em que trabalhamos com a Legislatura com base bipartidária para vigorar”, disse Baker na quinta-feira (24). “Eu quero dizer, a lei a qual assinamos basicamente determina que você deve ter presença legal em Massachusetts para adquirir a carteira de motorista durante o período em que você deve estar legalmente. Eu acho que essa a resposta legal”.

A postura política de Baker foi divulgada um dia depois que o Senador Estadual Brendan P. Crighton (D-Lynn) e as deputadas estaduais Tricia Farley Bouvier (D-Pittsfield) e Christine Barber (D-Somerville) apresentaram o “Work & Family Mobility Act”. O projeto de lei anularia emendas atuais da lei existente as quais determinam que pessoas com status migratório irregular não podem obter carteiras de motorista em Massachusetts. Quando o Governador informou a posição dele, Cighton disse ao jornal Herald, “eu espero que ele deixe o processo caminhar e observe os méritos da proposta”.

Os legisladores quer apoiam o projeto de lei alegam que ele tornaria as estradas mais seguras, pois todas as pessoas teriam que seguir o mesmo padrão, ou sejam, ser submetidas a testes e adquirir seguro. Eles acrescentaram que o Estado possui a responsabilidade moral de sobrecarregarem os estimados 210 mil imigrantes indocumentados que vivem em Massachusetts.

“Não há a possibilidade da cidadania para eles por causa de falhas em nível federal”, disse Crighton. “Nós temos que reconhecer que eles estão aqui e que fazem parte da nossa comunidade e economia”.

Ao longo dos últimos anos, vários legisladores no estado já tentaram a aprovação de propostas como essa, mas sem obterem sucesso. Baker introduziu uma emenda que impede os indocumentados adquirirem a carteira em Massachusetts, em 2016, quando o estado aprovou a lei “Real ID”.

A Associação dos Chefes de Polícia de Massachusetts informou que ainda avalia que posição tomar com relação à proposta atual, portanto, evitou comentá-la até que uma decisão seja tomada. Doze outros estados, incluindo Vermont, Connecticut e Califórnia, permitem que os imigrantes indocumentados obtenham a carteira de motorista. Entretanto, Jessica Vaughan, do Centro de Estudos Migratório, que é contra a imigração clandestina, alegou que as pessoas iriam em multidões a Massachusetts com documentos falsos na tentativa de conseguir documentos legítimos.

“Isso abre a oportunidade de fraude. Isso pode resultar em não cidadãos chegando às urnas de voto”, disse Jessica. “Isso envia o sinal de que não há nada de errado estar aqui ilegalmente. Nós não deveríamos endossar isso”.

 

Related posts

Comentários

Send this to a friend