Bancos britânicos serão multados se não verificarem status de imigrantes

Foto23 Imigracao bitanica  Bancos britânicos serão multados se não verificarem status de imigrantes
As novas regras foram aprovadas em 30 de novembro através do Immigration Act 2016

A obrigatoriedade entrará em vigor a partir de 1 de janeiro de 2018

Brevemente, os bancos britânicos terão que verificar o status migratório de seus clientes, caso contrário, essas instituições financeiras serão multadas pelo Procurador Municipal se não fizerem a partir de janeiro. A partir do início de 2018, os bancos terão que vasculhar o status migratório dos 76 de correntistas através de uma base de dados governamental formada com as informações de pessoas que deveriam deixar a região, mas permanecem no Reino Unido.

As verificações ocorrerão todos os quadrimestres com início em janeiro e põe a responsabilidade nas entidades financeiras para informarem as autoridades de quaisquer dados que coincidam. O processo será regulamentado pela Autoridade de Conduta Financeira (FCA), a qual possui poderes de multar qualquer empresa que falhar em cumprir com as regras ou emitir sanções públicas. O FCA informará os bancos se eles devem fechar as contas correntes ou se uma ordem de bloqueio será apresentada nos tribunais.

Quando o Governo anunciou as exigências novas aos bancos, os ativistas defensores dos direitos dos imigrantes alertaram que os arquivos recentes do FCA não poderiam ser confiados para a implantação do novo sistema, pois conteria erros. Os imigrantes que possuem todo o direito de estar no Reino Unido tendem a ser afetados por esses erros na imposição das verificações.

As novas regras foram aprovadas em 30 de novembro através do Immigration Act 2016 e a primeira verificação do quadrimestre começará em 1 de janeiro de 2018. A nova lei emenda o 2014 Act, o qual exige que os bancos e financeiras verifiquem o status migratório dos correntistas no momento de abertura de contas. Quando o Governo aprovou as mudanças em 2015, era previsto que até 76 milhões de contas seriam verificadas e que 6 mil nomes coincidiriam com os arquivos no primeiro ano. Após 1 ano, o número de nomes cairia para 900 anuais.

Related posts

Comentários

Send this to a friend