Batidas do ICE resultam na prisão de quase 500 imigrantes

Foto12 Prisão ICE 1024x682 Batidas do ICE resultam na prisão de quase 500 imigrantes
Na Filadélfia (PA), foram presos 107 indocumentados, 101 em Los Angeles (CA) e 45 em Nova York (Foto: ICE)

Os beneficiados com o Deferred Action for Childhood Arrivals (DACA) não estavam incluídos nas operações

Como parte de uma operação nacional, o Departamento de Imigração (ICE) anunciou na quinta-feira (9) que os agentes federais prenderam cerca de 500 imigrantes indocumentados que viviam em cidades santuários por todos os EUA. A ação, Batizada de “Operação Cidade Segura”, durou 4 dias e terminou na quarta-feira (8).

Nesta operação, o foco foram os imigrantes indocumentados ou afiliados às gangues de rua, segundo comunicado, frisando que os estrangeiros beneficiados com o Deferred Action for Childhood Arrivals (DACA) não estavam incluídos. Na Filadélfia (PA), foram presos 107 indocumentados, 101 em Los Angeles (CA) e 45 em Nova York. O comunicado também destacou que 18 das 498 pessoas detidas eram membros de gangues ou possuíam afiliações com esse tipo de quadrilha.

Entre os detidos está um indocumentado mexicano que vive em Los Angeles e que é membro da gangue Colônia Chiques, um grupo considerado como a “maior e mais sanguinária das gangues”, que age no Condado de Ventura, na região sul da Califórnia, segundo o FBI. Quando foi encontrado, ele portava uma pistola e bateu com seu veículo em várias viaturas da polícia na tentativa de escapar das autoridades.

As cidades santuários, ou cidades que tentam não cooperar completamente com as autoridades migratórias, tornaram-se um assunto polêmico, como resultado da tentativa da administração Trump de combater a imigração clandestina. Embora o ICE tenha informado que a detenção de indocumentados esteja 43% que o mesmo período em 2016, o número de deportações estão baixos, publicou o jornal Washington Post.

 

Related posts

Comentários

Send this to a friend