Blogueira Day McCarthy luta pela vida após acidente de carro

Foto21 Day McCarthy Blogueira Day McCarthy luta pela vida após acidente de carro
A blogueira Day McCarthy queimando uma página da Bíblia durante crítica aos evangélicos
Foto21 Day McCarthy  Blogueira Day McCarthy luta pela vida após acidente de carro
Day McCarthy gerou polêmica ao chamar a filha do ator Bruno Gagliasso, Titi, de “macaca”

A mensagem postada no Stories não detalha em que hospital ela estaria internada e qual seria o seu verdadeiro estado de saúde

A polêmica blogueira capixaba Day McCarthy teria sofrido um acidente automobilístico na madrugada de domingo (4) estaria internada num hospital em estado grave, segundo postagens nas redes sociais. Ela gerou polêmica na internet após chamar de “macaca”, Titi, filha do ator Bruno Gagliasso, queimar a Bíblia numa afronta aos evangélicos, dizer ter visto a cantora Anitta cheirar cocaína, chamar o colunista social Léo Dias de “pedófilo”, entre outras alegações.

“Aviso urgente. Day McCarthy sofreu um acidente de carro neste domingo, 4, e está internada no hospital entre a vida e a morte após bater (o) carro. Orem por ela”, diz a postagem no Stories. A mensagem não detalha em que hospital McCarthy estaria internada e qual seria o seu verdadeiro estado de saúde.

. Polêmica na internet:

Dayane Alcântara Couto de Andrade, de 28 anos, natural de Cancelas (ES), tornou-se do dia para a noite uma “celebridade” internacional, entretanto, não por bons motivos. Ela, que se identifica nas redes sociais de “Day McCarthy”, é acusada de postar injúrias raciais contra a filha do casal de atores Bruno Gagliasso e Giovanna Ewbank. Tanta atenção fez com que o Departamento de Polícia do Condado de Henrico, na Virgínia, informasse que Dayane já foi presa no estado, em 19 de setembro de 2015, em decorrência das acusações de “manter ou frequentar prostíbulo”. Inicialmente, a imprensa brasileira havia divulgado que ela morava no Canadá, entretanto, Dayane vive em Las Vegas (NV).

A blogueira, que se autodenomina “socialite” e “escritora”, chama Titi, de 4 anos, filha do casal Giovanna Ewbank e Bruno Gagliasso, de “macaca”. “A menina é preta. Tem o cabelo horrível de pico de palha. Tem o nariz de preto horrível. E o povo fala que a menina é linda”, diz McCarthy na gravação. ”Ficam elogiando aquela macaca, preta, horrível, e o povo fala que a menina é linda”. E ainda destacou que o ”o povo só puxa o saco porque (a criança) é adotada por famosos”.  A “socialite” questionou como ”duas pessoas brancas, dos olhos claros, teriam uma filha negra”.

Em outras postagens polêmicas, Dayane comparou a filha do casal Roberto Justus e Ticiane Pinheiro, Rafaela Justus, que sofre de uma síndrome rara, ao boneco Chucky, do filme “Brinquedos Assassinos”, e nem o filho de 3 anos da apresentadora Ana Hickmann, Alexandre, escapou. Nessa postagem, a sexualidade da criança é questionada. Ana e o marido registraram queixa em São Paulo. Já a cantora Anitta foi acusada por McCarthy de consumir drogas. Demonstrando ousadia, ela diz na postagem que possui o vídeo para provar, entretanto, nunca o postou.

McCarthy acumulou seguidores e desafetos em decorrência das declarações polêmicas. Pouco mais de um mês após as ofensas racistas contra Titi, ela voltou a ser assunto nas redes sociais. A polêmica da vez envolveu religião. No vídeo postado no YouTube a blogueira queima a Bíblia em repúdio aos evangélicos.

”Um salmo para os crentes que falaram que eu não sou filha de Deus, que eu sou uma pessoa do demônio. Vou ler um salmo para vocês”, diz ela no início do vídeo. Em seguida, após ler trecho do Salmo 91, ela rasga e queima o livro. ”Crente merda, crente lixo, queima no inferno suas pestes, capeta”, encerra.

Confira o vídeo no YouTube:

https://www.youtube.com/watch?time_continue=8&v=u3ptSEsFymA

 

 

Related posts

Comentários

Send this to a friend