Brasileira “do boné” recebe ameaças de morte em MA

Foto16 Rosiane Santos Brasileira “do boné” recebe ameaças de morte em MA
Rosiane Santos, de 41 anos, alega que foi provocada pelo homem simpatizante do Presidente Donald Trump

Rosiane Santos é casada com um cidadão dos EUA e está em processo de legalização (green card)

Agentes do Departamento de Imigração (ICE) prenderam a brasileira Rosiane Santos, de 41 anos, moradora em East Falmouth (MA), após a divulgação de um vídeo, na sexta-feira (15), dela arrancando o boné da cabeça de um homem e jogando no chão. O boné tinha os dizeres “Make America Great Again” (Faça a América grande novamente, em tradução livre), de apoio à administração Trump. O incidente ocorreu no interior de um restaurante mexicano em Massachusetts.

De acordo com a página do jornalista Eduardo de Oliveira, o advogado de Rosiane, Drew Segadelli, confirmou que ela tem um processo para obtenção da residência permanente (green card). Além disso, de acordo com o canal de TV 7, WHDH de Boston (MA), a brasileira tem recebido ameaças de morte, uma delas enviada na quarta-feira (27).

. Provocação:

Ao canal de TV, Santos reafirmou que foi provocada pelo homem. Segundo ela, o eleitor do Trump disse que “o presidente Trump vai construir o muro no México e mandar todos os imigrantes de volta para seus países”.

Ela tem uma audiência marcada na quarta-feira (20) para o julgamento da acusação de agressão e conduta desordeira. A outra audiência será em abril em um Tribunal de Imigração. Rosiane, que seria indocumentada nos EUA, foi presa por agentes da Equipe de Operações de Fugitivos do ICE na segunda-feira (18) e posta em processo de deportação, informaram as autoridades ao canal de TV local ABC News.

“Santos atualmente enfrenta acusações por agressão, entre outras”, disse um porta-voz do ICE. “Ela foi liberada da custódia do ICE depois de ter sido posta em processo de deportação numa Corte de Imigração e recebeu um aviso para comparecer numa data futura a um tribunal de imigração”.

O norte-americano Bryton Turner, usuário do Facebook que postou o vídeo, relatou que foi ele o homem atacado pela brasileira. “Eu estava simplesmente tentando sentar aqui e comer uma boa refeição”, disse ele no vídeo enquanto Rosiane pega o boné e cobre os olhos dele. “Você vê isso? Pessoas assim, este é o problema. Este é o problema da América nos dias de hoje”.

Num segundo vídeo, Santos pode ser vista conversando com dois policiais uniformizados no restaurante. “Eu saí com alguns amigos e tentando saborear um jantar e drinques quando essa ignorante tentou tirar o meu chapéu e começou a gritar comigo (agressão + desordem por estar alcoolizada)”, postou Turner na legenda do vídeo. “Eu não iria denunciá-la, mas em frente a quatro policiais ela fez novamente, então, agora irá para a prisão”.

A postagem no Facebook acumulou mais de 2 mil reações e comentários, até a manhã de quarta-feira (27). Turner disse que não planejava denunciar a brasileira à polícia, mas definitivamente entende porque ela foi presa.

“Eu fiquei chocado quando soube da notícia. Eu sempre dei às pessoas o benefício da dúvida. Eu nunca imaginaria que ela fosse ilegal”, disse ele ao canal ABC News, na quarta-feira (27). “Entretanto, esse país tem leis para proteger os seus cidadãos e elas devem ser obedecidas. Isso é o que faz com que esse país seja grande”.

Bryton, de 23 anos, alegou ter ficado “surpreso” com a quantidade de atenção que recebeu depois de ter postado o vídeo, o qual ele relatou que o transformou em alvo de ameaças.

“Eu gravei o vídeo para fazer com que a mulher me deixasse em paz. Eu nunca quis a atenção, embora penso que mereço”, alegou ele. “Simplesmente, porque você não concorda com alguém não significa que você deve agir como aquela mulher naquela noite. Eu acho que há um ataque sério contra os nossos direitos na Primeira Emenda atualmente vindo de ambos os lados do espectro político”.

. Em processo de legalização:

Santos foi autuada semana passada e deverá retornar ao tribunal em 20 de março. A advogada de imigração dela, Katarina Kozakova, adiantou que planeja combater as acusações contra a cliente dela num tribunal criminal, disse ela ao website Boston.com. Ela adiantou que Rosiane possui uma aplicação para a residência permanente (green card) e é casada com um cidadão dos EUA.

 

Related posts

Comentários

Send this to a friend