Brasileira é furtada dentro de supermercado no Ironbound

Foto14 Ladrao no Ironbound 575x1024 Brasileira é furtada dentro de supermercado no Ironbound
Durante a fuga, foram tiradas várias fotos do indivíduo suspeito de roubar a carteira da brasileira
Foto21 Projeto South Street 1024x715 Brasileira é furtada dentro de supermercado no Ironbound
O indivíduo foi preso nas imediações do conjunto habitacional (Project) na South Street

Mariléa Nogueira foi seguida por um indivíduo afro-americano no interior do estabelecimento comercial

Na tarde de quinta-feira (2), a onda de violência que assola o bairro do Ironbound fez mais uma vítima. Mariléa Nogueira, natural de Governador Valadares (MG), residente em Newark, fazia compras na filial do Seabra Foods na Chestnut St., no bairro do Ironbound, quando foi abordada diversas vezes por um indivíduo afro-americano. Segundo ela, o filho de 3 anos segurava a carteira dela no carrinho de compras e o indivíduo a seguiu pelo supermercado e perguntou-lhe diversas vezes o preço de determinados produtos. Num momento de distração da brasileira, o indivíduo arrancou a carteira dela da mão da criança e a pôs no bolso. Após ver a carteira numa das mãos do ladrão, Mariléa avisou o segurança e pediu-lhe que segurasse o indivíduo, fechasse as portas e não deixasse que ele saísse do local até a chegada da polícia, entretanto, o vigia teria respondido que não poderia fazer isso, segundo ela. Inconformada, Nogueira seguiu o indivíduo pelo estacionamento do supermercado e até à rua e no caminho tirou várias fotografias do suspeito com o telefone celular para que ele pudesse ser identificado pela polícia. O incidente ocorreu às 6:00 pm e o indivíduo conseguiu se desvencilhar e correr em direção ao conjunto habitacional popular (Project) na South Street.

Na delegacia, durante o preenchimento do boletim de ocorrências (BO), Mariléa perguntou aos policiais se eles não vasculhariam a região em busca do ladrão e da carteira roubada. Ela relatou que a carteira continha dinheiro, documentos, cheques recebidos de clientes, totalizando cerca de US$ 600. Aproximadamente 20 minutos depois, o indivíduo foi encontrado nas imediações do conjunto habitacional, mas sem a carteira da brasileira. Na delegacia, os agentes detalharam que não poderiam prendê-lo porque ele não tinha antecedentes criminais e, portanto, teria que ser agendada uma audiência no tribunal relacionada ao caso.

Mariléa reside em Newark na divisa com a cidade de Elizabeth e frequenta o Ironbound com frequência para fazer compras de produtos brasileiros. Ela detalhou que vive nos EUA há 14 anos e que nunca havia sido roubada antes. A brasileira encorajou as pessoas a denunciarem qualquer tipo de roubo às autoridades, pois desta forma medidas de combate à criminalidade podem ser tomadas. Após o roubo, Nogueira e alguns amigos retornaram ao local do roubo na tentativa de encontrar os documentos. Ela fez um apelo à comunidade em sua página no Facebook:

“Olá amigos! Fui roubada há 2 horas no Seabra’s da Chestnut St. A polícia conseguiu pegar o ladrão, mas infelizmente, ele e outro comparsa que ainda não foi pego, conseguiram levar a minha carteira. A polícia me disse que infelizmente ele vai ser solto dentro de poucas horas e somente comparecerá à Corte. Venho aqui pedir encarecidamente se alguém encontrar meus documentos e também de meus filhos, por favor, entrar em contato: (973) 508-7954”.

 

Related posts

Comentários

Send this to a friend