Brasileira luta contra câncer nos ovários no Texas

Foto1 Adriana Andrade Paiva Brasileira luta contra câncer nos ovários no Texas
Adriana Andrade Paiva necessita de cirurgia para a retirada dos tumores em ambos os ovários (Foto: GoFundMe.com)
Foto1 Conta hospitalar Brasileira luta contra câncer nos ovários no Texas
Detalhe da conta de Adriana Andrade Paiva em hospital no Texas (Foto: GoFundMe.com)

Adriana Andrade Paiva foi diagnosticada com tumores malignos em ambos os ovários

Na quinta-feira (15), Adriana Andrade Paiva, de 26 anos, moradora na cidade de Dallas (TX), pediu ajuda à comunidade, através do website GoFundMe.com, para pagar as contas hospitalares decorrentes de um tratamento contra um câncer de ovário. Ela criou a página: https://www.gofundme.com/surgery-to-remove-malignant-ovarian-tumor?fbclid=IwAR3n6-gyZ6KI6b2mF8Nd91gczsDkvW_d2l7P38IHvLU6eQaK52MJouoKG0s; na qual o objetivo é arrecadar US$ 10 mil para ajudar a quitar o total, já com desconto, de US$ 18.724. Até à tarde de quarta-feira (21), haviam sido angariados US$ 4.053.

“Oi! Sou Adriana Paiva, 26 anos, não tenho filhos, moro em Dallas e em julho de 2018 descobri que tenho um tumor maligno em ambos os ovários que pode ser câncer e está me causando muitos problemas, como coágulos sanguíneos em meus pulmões e muita dor.
Desde julho, eu tento fazer tratamento aqui e os hospitais não querem me tratar porque sou imigrante sem seguro. Tenho tentado todos os hospitais e jeitos possíveis. Eu já fui parar no pronto-socorro 4 vezes até agora e em cada vez eles me estabilizam com analgésicos e me mandam para casa dizendo que eu preciso pagar pelo menos uma entrada para poder agendar minha cirurgia e então fazer um plano de pagamento para as contas restantes do hospital. Então, aqui estou contando com você e com Deus para poder fazer minha cirurgia e tratamento o mais rápido possível. Qualquer quantia é muito bem vinda!” Relatou ela no GoFundMe.com.

Pouco frequente, o câncer de ovário é o tumor ginecológico mais difícil de ser diagnosticado e o de menor chance de cura. Cerca de 3/4 dos cânceres desse órgão apresentam-se em estágio avançado no momento do diagnóstico. A maioria dos tumores de ovário são carcinomas epiteliais (câncer que se inicia nas células da superfície do órgão), o mais comum, ou tumor maligno de células germinativas (que dão origem aos espermatozoides e aos ovócitos – chamados erroneamente de óvulos). O risco de uma mulher desenvolver câncer de ovário durante sua vida é de cerca de 1 em 79. Sua chance de morrer de câncer de ovário é de cerca de 1 em 108. Estas estatísticas não levam em conta tumores ovarianos de baixo potencial de malignidade, segundo o Instituto Oncoguia.

Vários internautas deixaram no GoFundMe.com mensagens de carinho e apoio:

“Deus te abençoe”, postou Iasmin Caldas.

“De uma outra ‘pink sister’ (sobrevivente de câncer). Eu desejo-lhe o melhor. Espero que você receba o tratamento que necessita logo”, postou Monalisa Redmond.

“Deus é um curador. Rezando por você”, postou Constance Cash.

“Que Deus abençoe o coração dela. Rezando para que ela faça a cirurgia”, postou Jim & Avis Alcorn.

 

Related posts

Comentários

Send this to a friend