Brasileira pede ajuda na luta contra doença rara em NY

Foto2 Juliana Victor e Manuela Viscardi Brasileira pede ajuda na luta contra doença rara em NY
Juliana Viscardi e os filhos Victor e Manuela. Ela sofre de Esclerose Sistêmica e Fibrose Pulmonar (Foto: GoFundMe.com)

Juliana Viscardi está num abrigo com os filhos Victor e Manuela e pede a ajuda da comunidade durante o tratamento quimioterápico

Na quarta-feira (1), a brasileira Juliana Viscardi, moradora no Bronx (NY), iniciou no website GoFundMe.com a campanha beneficente: https://www.gofundme.com/abandonados-na-doenca; cujo objetivo é angariar US$ 5 mil para ajudá-la na luta contra a Esclerose Sistêmica e Fibrose Pulmonar, doenças raras e progressivas.

A esclerose sistêmica é uma doença rara, crônica, caracterizada por alterações degenerativas e formação de cicatrizes na pele, articulações e órgãos internos, além de anormalidades dos vasos sanguíneos. Pode se desenvolver inchaço dos dedos, frieza intermitente e descoloração azul dos dedos, articulações travadas em posições permanentes (geralmente flexionadas) (contraturas) e danos ao sistema gastrointestinal, pulmões, coração ou rins. A esclerose sistêmica provoca um excesso de produção de colágeno e de outras proteínas em vários tecidos. A causa é desconhecida. A doença é 4 vezes mais comum entre mulheres e mais comum entre as pessoas com idade entre 20 a 50 anos. Ela é rara entre as crianças.

Fibrose pulmonar é uma doença com fibrose e cicatriz nos pulmões. Ocorre um endurecimento e redução do tamanho dos pulmões progressivamente, diminuindo a captação de oxigênio e causando falta de ar. Inúmeras partículas que temos contato no dia a dia podem, com o tempo, facilitar a ocorrência da fibrose pulmonar. Por exemplo, o popular mofo é uma fonte de fungos e bactérias que podem causar doença. Até mesmo medicamentos podem causar a Doença Pulmonar Intersticial levando a fibrose, como a amiodarona usada no tratamento de arritmias e quimioterápicos para o câncer.

“Precisamos do seu apoio! Estou numa batalha pela vida, lutando contra uma doença rara chamada Esclerose Sistêmica e Fibrose Pulmonar. Meus filhos e eu fomos abandonados há um ano e meio e o pai ficou foragido por esse tempo. Fomos deixados em meio à minha quimioterapia e de um mar de dívidas, problemas financeiros e de saúde para mencionar os poucos. Estamos arruinados financeiramente e emocionalmente. Terei que voltar a fazer as sessões de quimioterapia para frear a doença que é progressiva. Estamos num abrigo. Não tenho condições de trabalhar e familiares, amigos e centros espirituais tem nos sustentado por esta tormenta. Favor nos ajudem! Não tenho mais vergonha em pedir. Estamos precisando de toda ajuda possível! Juliana, Victor e Manuela”, postou a brasileira no GoFundMe.com.

 

Related posts

Comentários

Send this to a friend