Brasileiro apanha no trânsito com taco de baseball

Foto8 Celio Pereira 1024x639 Brasileiro apanha no trânsito com taco de baseball
Célio Pereira foi agredido após reclamar por ter sido cortado no trânsito por Travis El-Saadi (Foto: BT)
Foto8 Celio Pereira  Brasileiro apanha no trânsito com taco de baseball
A vítima recebeu 14 pontos na testa (detalhe) (Foto: BT)
Foto8 Travis El Saadi  583x1024 Brasileiro apanha no trânsito com taco de baseball
Travis El-Saadi terá que retornar à Corte Municipal de Boston (MA) em 1 de agosto (Foto: The Boston Globe)

Célio Pereira foi levado ao Hospital Geral de Massachusetts, em Boston, onde levou 14 pontos na testa

Durante a hora do rush na sexta-feira (7), policiais em Boston (MA) encontraram o brasileiro Célio Pereira, de 49 anos, caído no asfalto e sangrando próximo à sua lambreta. A vítima apresentava um corte profundo na testa, além de outros ferimentos, segundo o escritório de Daniel F. Conley, da Promotoria Pública Distrital do Condado de Suffolk.  As informações são do canal de TV local My Fox Boston e do jornal Brazilian Times.

Ele estaria a caminho da South Station para comprar um bilhete de trem para a mãe, quando ocorreu o confronto.

Os investigadores relataram que o Acura dourado dirigido por Travis El-Saadi, de 20 anos, morador em Everett (MA), cortou a lambreta de Pereira  nas proximidades da esquina das ruas North Washington e Causeway. O jovem teria espancado a vítima com um taco de baseball, posteriormente, entrado no carro e fugido. O motivo da agressão teria sido o fato de Célio ter reclamado com Travis por ter sido cortado perigosamente por ele e avisado que chamaria a polícia, após uma breve discussão. 

Na manhã de segunda-feira (10), El-Saadi compareceu à audiência preliminar na Corte Municipal de Boston, onde ouviu as acusações formais de agressão armada com a intenção de homicídio, Agressão com arma perigosa resultando em ferimentos graves e agressão com arma perigosa, detalhou o escritório de Conley.

O Juiz Thomas Horgan determinou a fiança do réu em US$ 15 mil e ordenou que Travis não dirigisse ou tivesse contato com a vítima.

Celso recebeu atendimento médico no Hospital Geral de Massachusetts, onde levou 14 pontos na testa. Além disso, ele apresentava hematomas nas costas e um dos braços. El-Saadi dirigia erraticamente, jogou moedas na vítima e tentou cuspir nela antes do incidente, detalhou a Promotoria Pública através de um comunicado.

A vítima tentava anotar os dados da placa do veículo de Travis quando foi atacada, acrescentou o comunicado. Entretanto uma testemunha filmou parte do incidente com o telefone celular e outra testemunha conseguiu anotar a placa do carro, disse o escritório de Conley.

Com essa informação, a polícia descobriu que o veículo estava registrado em nome de um parente de El-Saadi. Posteriormente, Travis foi identificado numa exibição de fotos.

Ele foi detido na tarde de segunda-feira quando trabalhava numa oficina mecânica na cidade de Dorchester. O réu está agendado para retornar ao tribunal em 1 de agosto.

Sobre o autor

O jornalista Leonardo Ferreira é formado em Comunicação Social pelas Faculdades Integradas Hélio Alonso – FACHA, sediada no Rio de Janeiro - RJ.

Related posts

Comentários

Send this to a friend