Brasileiro bate em viatura da polícia e será deportado

Foto2 Antonio Barbosa 816x1024 Brasileiro bate em viatura da polícia e será deportado
Antônio Barbosa está detido na Penitenciária do Condado de Suffolk enquanto aguarda a deportação para o Brasil (Foto: Depto. de Polícia de Milford)

Antônio Barbosa, morador em Milford (MA), tinha uma ordem de deportação em seu nome e dirigia sem carteira de motorista

No domingo (12), Antônio Barbosa, de 48 anos, morador na Main St., em Milford (MA), foi preso e transferido para a custódia do Departamento de Imigração (ICE), depois de ter colidido contra o carro do chefe de polícia interino. O brasileiro foi acusado de dirigir um veículo sem a carteira de motorista, mudança irregular de faixas e fugir do local do acidente, antes de ser entregue às autoridades migratórias.

Em decorrência da prisão, Barbosa sequer compareceu à audiência na Corte Distrital de Milford, na segunda-feira (13). Ele foi mantido detido sem direito à fiança até que agentes do ICE o pegassem, informou a polícia.

Antônio, que possui passaporte brasileiro, foi mantido preso, segundo um agente do ICE, porque era considerado “um estrangeiro fugitivo com ordem de deportação nos EUA”.

Shawn Neudauer, do Departamento de Assuntos Públicos do ICE, disse através de e-mail que Barbosa “era um fugitivo do ICE na ocasião de sua prisão que teve como base uma ordem final de deportação emitida pela Corte de Imigração em 2006. Ele permanecerá em custódia do ICE enquanto aguarda a deportação dos Estados Unidos”.

Conforme o boletim de ocorrência policial (BO) apresentado no tribunal, o Chefe de Polícia Interino Jim Heron informou através do rádio que a sua viatura havia sido atingida por um veículo na Main Street, às 3:34 pm, no domingo (12). O automóvel fugiu da cena do acidente, mas Heron o seguiu, informando pelo rádio a localização do veículo pelo caminho. Eventualmente, a perseguição parou na South Bow Street, segundo o BO.

Depois que outros agentes de polícia chegaram ao local, eles interrogaram Barbosa, que alegou não saber que tinha se chocado contra uma viatura policial. Ele apresentou somente o passaporte quando foi perguntado sobre sua carteira de motorista, registro do veículo e admitiu que não possuía o documento, conforme documentos apresentados na Corte.

O automóvel, um Honda Accord 2004, estava registrado em nome da High Gloss Painting of Framingham.

Depois de ele ter sido formalmente acusado e autuado, os agentes de polícia descobriram “pistas” através do passaporte de Antônio num arquivo criminal nacional. O brasileiro, que está detido na Penitenciária do Condado de Suffolk, não compareceu à audiência preliminar, forçando o tribunal a emitir uma ordem de prisão pela ausência do réu.

Sobre o autor

O jornalista Leonardo Ferreira é formado em Comunicação Social pelas Faculdades Integradas Hélio Alonso – FACHA, sediada no Rio de Janeiro - RJ.

Related posts

Comentários

Send this to friend