Brasileiro de New Jersey é preso acusado por ameaça terrorista em vôo da TAM

FRANCISCO Brasileiro de New Jersey é preso acusado por ameaça terrorista em vôo da TAM
“O voo não deve decolar. Está visado. Ele cairá. Retaliação. A carga é perigosa. Estejam avisados”, dizia a mensagem enviada pelo brasileiro sobre um voo específico da companhia TAM

Caso seja considerado culpado, Francisco Fernando Cruz pode ser condenado até 5 anos de detenção e US$ 250 mil de multa

As autoridades norte-americanas emitiram um mandato de prisão contra o estudante universitário Francisco Fernando Cruz, de 22 anos, natural de Sorocaba (SP), por enviar uma mensagem via e-mail informando que o voo de Miami (FL) para Brasília (DF) “cairia”. “O voo não deve decolar. Está visado. Ele cairá. Retaliação. A carga é perigosa. Estejam avisados”, dizia a mensagem enviada pelo brasileiro sobre um voo específico da companhia TAM, segundo o canal de TV CBS News. O brasileiro foi preso na quinta-feira (9), quando retornava ao Brasil para renovar o visto de permanência nos Estados Unidos. A aeronave foi revistada e liberada para decolar.

Em 8 de janeiro, o e-mail foi enviado ao Departamento de Polícia de Miami Dade, assim como para a TAM Airlines. O voo específico estava marcado para ocorrer no Aeroporto Internacional de Miami na sexta-feira (10). Cruz foi preso quando investigadores conseguiram rastrear a origem do e-mail e descobriram que a mensagem havia sido enviada de um computador na Monclair State University, onde o jovem estuda Publicidade. A universidade entregou à polícia um vídeo que revelava a pessoa que utilizou o quiosque específico de onde foi enviado o e-mail. No dia seguinte, conforme as autoridades, o e-mail foi reenviado e, então, os investigadores conseguiram identificar Francisco como o suposto remetente da mensagem.

O brasileiro viajou de Nova York para Miami e estava marcado para embarcar no mesmo voo da TAM citado no e-mail. Durante interrogatório, ele alegou aos investigadores que havia enviado a mensagem como parte de uma brincadeira arriscada. Caso seja considerado culpado, Cruz pode ser condenado até 5 anos de detenção e US$ 250 mil de multa.

Nas redes sociais, internautas brasileiros postaram mensagens variadas:

“Isso é uma injustiça! Quem conhece Francisco Cruz sabe que ele não seria capaz de fazer um tipo de coisa dessa! Seja qual for o motivo, ele não cometeu nada disso que estão dizendo. Está sendo acusado de uma coisa que não fez!” Defendeu Cláudia Cruz.

“Quão bem você conhece esse homem? Você poderia descrever-se para mim Cláudia?” Rebateu StuGotz.

“Não duvido! Não sei porque tantos brasileiros ficam babando nos EUA. Na política Bush-Obama e, provavelmente, na próxima também; qualquer estrangeiro é um potencial terrorista! É possível até que o rapaz tenha sido torturado até confessar isso! Lá é assim! Essa história está muito mal contada!” Postou Priscila Nascimento.

“Loose lips sink ships. Dummy” (‘Lábios soltos afundam navios. Bobo’, tradução livre do inglês). Postou StuGotz.

O caso foi agendado para ir à pré-audiência na terça-feira (14) e a primeira audiência oficial na sexta-feira (24).

 

Related posts

Comentários

Send this to a friend