Brasileiro é preso portando arma no Aeroporto de Miami

Foto8 Mauro Borin Brasileiro é preso portando arma no Aeroporto de Miami
Mauro Borin foi ao posto da Alfândega J Central, uma área de segurança do Aeroporto de Miami que é claramente restrita ao público (Foto: MPD)

Mauro Borin, de 54 anos, visitava Miami (FL) de férias com a esposa e retornava ao Brasil quando foi detido

Na noite de segunda-feira (25), seguranças do Aeroporto Internacional de Miami (MIA), Flórida, prenderam o passageiro Mauro Borin, de 54 anos, por ele portar uma arma carregada no terminal. O incidente ocorreu às 10:35 da noite.

Conforme a polícia local, Borin foi ao posto da Alfândega J Central, uma área de segurança do aeroporto que é claramente restrita ao público. Ele portava uma bolsa com a arma carregada dentro. Os agentes localizaram o brasileiro e encontraram a pistola no interior da bolsa. Ele foi preso e acusado de portar uma arma escondida.

Na audiência preliminar de terça-feira (26), Mauro foi identificado como um turista brasileiro que visitava Miami (FL) de férias com a esposa e retornava ao Brasil quando foi detido. Durante a audiência, o juiz responsável pelo caso determinou a fiança em US$ 2.500.

No Brasil, qualquer cidadão que tenha acima de 25 anos e não tenha antecedentes criminais pode ter uma arma em casa, o que é chamado de ‘’posse’’. Entretanto, o porte de arma, consiste na possibilidade do cidadão transportar consigo uma arma de fogo. No Brasil, o porte só é permitido para policiais, funcionários de empresas de segurança privada e trabalhadores rurais que morem em zonas onde não há policiamento. Isso se tornou uma realidade quando em 2003 foi assinado o Estatuto do desarmamento.

. O que diz a lei dos EUA sobre o porte de armas?

A Constituição dos EUA permite o porte individual de armas desde o século 18, e a 2ª Emenda da Constituição que entrou em vigor em meados de 1789, estabeleceu que: Uma bem regulamentada milícia sendo necessária para segurança de um Estado Livre tem direito das pessoas de manter e portar uma arma não deve ser infringido.

O início da Emenda acarretou um longo debate. Existe quem defende o porte, mas também os que não concordam com que os cidadãos andem armados. De acordo com a Emenda, o direito de andar armado está relacionado ao direito de autodefesa do cidadão.

 

Related posts

Comentários

Send this to a friend