Brasileiro expõe americana em vídeo e gera revolta na internet

Foto27 Lorenzo Avanzi Catto Brasileiro expõe americana em vídeo e gera revolta na internet
O perfil de Lorenzo Avanzi Catto foi apagado do website da USC
lorenzo 2 Brasileiro expõe americana em vídeo e gera revolta na internet
No vídeo, Lorenzo diz “Esta é a vadia que eu vou comer hoje”, no final, ele ainda chama a jovem de “desgraçada”

“Essa aqui é a vadia que eu vou comer hoje”, postou Lorenzo Avanzi Catto, aluno da USC, no Twitter

O estudante Lorenzo Avanzi Catto, 20 anos, natural de Vila Velha (ES), aluno bolsista da Universidade da Carolina do Sul (USC), viralizou na internet depois que gravou um vídeo ofendendo uma jovem norte-americana. A mulher não entende o que o rapaz diz em português: “Esta é a vadia que eu vou comer hoje”, diz o capixaba, que atua como goleiro no time da universidade, ao pedir que ela falasse “Hi” (Olá, em inglês). No fim do vídeo, postado no Twitter, ele continua: “Fala oi, vagabunda. Desgraçada”.

. Pedidos de expulsão:

O vídeo, de menos de 8 segundos, viralizou na internet e gerou polêmica, pois muitos internautas sentiram-se ultrajados com a atitude de Lorenzo. O jovem apagou a postagem no Twitter, mas ela foi copiada e postada no YouTube, no sábado (6). Até à tarde de terça-feira (9), a postagem acumulou mais de 40 mil visualizações. Inúmeros internautas enviaram pedidos à administração da Universidade da Carolina do Sul pedindo a expulsão do brasileiro da instituição de ensino, onde ele é bolsista integral. O perfil de Lorenzo foi apagado do website da USC. Ele está nos EUA desde 2017.

. Suicídio “cibernético”:

O avanço da informática, particularmente a internet, mudou radicalmente a vida das pessoas, entretanto, caso não seja usada com cautela e bom-senso, uma boa imagem pode ser destruída em questão de segundos. Uma vez postada, uma imagem ou vídeo pode ser arquivada por outros internautas e postada futuramente, portanto, nunca mais saindo da rede. A equipe de reportagem do BV conversou com Solange Paizante, coordenadora geral da ONG Mantena Global Care, em New Jersey, sobre o assunto. Ela informou que planeja, ainda sem data definida, organizar uma palestra com a presença de psicólogos e especialistas em informática para alertar sobre os riscos do “suicídio cibernético”.

. Pedido de desculpas:

Devido à repercussão da postagem, Lorenzo divulgou na terça-feira (9) um pedido formal de desculpas, através do jornal Gazeta Online, no qual se diz arrependido e envergonhado de ter feito tais comentários e exposto a moça de forma degradante.

“Caros amigos e familiares;

Venho através de esta nota me desculpar publicamente pelo comportamento quer tive no último final de semana e por minhas falas no vídeo que vieram a público neste 5 de abril de 2019. Reconheço que a minha atitude foi errada e tenho ciência de que fui desrespeitoso e egoísta. Já pedi, inclusive, perdão à moça que aparece no vídeo e estou envergonhado com a repercussão que tudo isso ganhou. De modo algum essa atitude reflete os valores por mim aprendidos em meu país, na minha família e nas escolas onde estudei. Estou profundamente arrependido e espero ser perdoado não só pela jovem e seus familiares, mas também pelos meus familiares, amigos e instituição de ensino onde hoje estudo. Tive uma atitude injustificável e que já é motivo de grande aprendizado para mim: Eu não tenho o direito de desrespeitar e destratar uma mulher. Esse tipo de comportamento nunca foi e nunca deverá ser aceito. Peço perdão pelo meu erro! Lorenzo Avanzi Catto”.

O vídeo pode ser acessado no YouTube através do link: https://www.youtube.com/watch?time_continue=8&v=XytKfMDVF5c

 

Related posts

Comentários

Send this to a friend