Brasileiro mata esposa com tiro no rosto na Flórida

Foto21 Fernando De Baere Brasileiro mata esposa com tiro no rosto na Flórida
Fernando de Baere, de 73 anos, é acusado de homicídio premeditado e sem direito à fiança (Foto: BSO)
Foto21 Marisa Sherman Brasileiro mata esposa com tiro no rosto na Flórida
Marisa Sherman, de 47 anos, foi morta com um tiro calibre 0.38 mm no rosto quando estava sentada no sofá da casa onde morava

Fernando de Baere, de 73 anos, alegou que a vítima, Marisa Sherman, de 47 anos, o “desrespeitou” quando discutiam, em Plantation (FL)

Na noite de quarta-feira (8), o brasileiro Fernando de Baere, de 73 anos, matou com um tiro no rosto a esposa, a também brasileira Marisa Sherman, de 47 anos, guardou de volta a pistola calibre 0.38 mm e comunicou o crime ao vizinho. O incidente ocorreu na residência do casal, em Plantation (FL), informaram as autoridades. As informações são dos canais de TV locais CBS Miami e Local 10.

Os investigadores do Departamento de Polícia de Plantation (PPD) detalharam que Fernando alegou ter matado a vítima porque ela não para de falar de forma “desrespeitosa” com ele. Segundo o boletim de ocorrências policiais (BO), o réu foi à casa de um vizinho e os informou que tinha acabado de matar a esposa. O vizinho contatou o Serviço de Emergência (911) e o policial enviado ao local encontrou Sherman sentada no sofá da sala com uma aparente ferida de bala no rosto.

O policial pronunciou a brasileira morta às 10:36 da noite. Ninguém  mais estava no interior da residência, detalharam as autoridades.

A polícia relatou que Baere tinha respingos de sangue nas pernas e no short. Ele relatou às autoridades que ele e a esposa discutiam sobre as interações dela com um ex-colega de trabalho. Conforme o BO, Fernando teria se irritado “com a forma que ela falava com ele”. Quando ela não parava de falar, ele pegou a pistola calibre 0.38 mm e atirou nela, informaram as autoridades.

Os investigadores acrescentaram que Baere admitiu ter atirado contra a esposa “uma ou duas vezes” no rosto dela quando estava a cerca de 3 pés (0.91 m) de distância da vítima. Eles acrescentaram que Fernando guardou a pistola no guarda-roupa depois do crime e ir à casa do vizinho. Ele foi preso quando aguardava a chegada dos policiais na calçada e levado ao Departamento de Polícia de Plantation onde foi autuado. Na manhã de quinta-feira (9), os agentes encontraram a arma usada no homicídio no guarda-roupa do quarto do casal, exatamente onde ele havia informado. Os policiais contataram que a pistola apresentava duas balas usadas, o que coincidiu com o relato do acusado.

Fernando disse aos detetives que a residência do casal é equipada com câmeras de segurança no interior e lado de fora. Ele foi detido, encaminhado à Penitenciária do Condado de Broward, no centro de Fort Lauderdale (FL), acusado de homicídio premeditado e sem direito à fiança.

A vítima deixou os pais no Brasil e não tinha filhos.

 

Related posts

Comentários

Send this to a friend