Brasileiro muda versão de estórias em golpes, denuncia pastor

Foto1 Jose Elias Viviani Brasileiro muda versão de estórias em golpes, denuncia pastor
Indignados, internautas postaram a foto de José Elias Viviani no Facebook

José Elias Viviani teria dito que precisava de dinheiro para pagar a diária do hotel onde estava hospedado com a família

Na terça-feira (21), o pastor evangélico Robson, líder de uma congregação na cidade de Woburn (MA), foi mais um brasileiro a denunciar a série de golpes que José Elias Viviani é acusado de ter aplicado na comunidade. Segundo algumas pessoas que se disseram lesadas por ele, o jovem pediu dinheiro em nome do “pai falecido”, pois precisava enviar as cinzas ao Brasil. A estória comovia as pessoas e, então, elas davam dinheiro. Os golpes foram denunciados através das postagens de internautas no Facebook.

O Pastor Robson contatou a redação do jornal Brazilian Times, também em Massachusetts,  e relatou que José Elias, apresentado a ele por um membro da igreja, disse-lhe que não tinha onde morar e, portanto, estava hospedado em um hotel com a família em New Hampshire. Na ocasião, o jovem disse que estava acompanhado da esposa, o filho pequeno e o enteado de 14 anos e que precisava de dinheiro para pagar a diária do hotel. Robson, então, sugeriu-lhe a alugar um quarto de hotel nas proximidades da igreja, onde as diárias são mais baratas, entretanto, Viviani teria dado uma desculpa. Comovido, o líder religioso deu-lhe os US$ 200, os quais seriam usados para ajudar outras pessoas realmente necessitadas.

“Eu ainda falei que, se fosse mentira, ele estaria roubando de Deus e, mesmo assim, o rapaz pegou o dinheiro”, relatou Robson. “Após dar a quantia que ele me pediu, Elias prometeu que voltaria para dar o ‘testemunho’ do que estava acontecendo em sua vida. Mas, simplesmente desapareceu e não tivemos mais notícias dele até ler a matéria no jornal”.

O Pastor não foi o único lesado, pois outros membros da congregação também teriam dado dinheiro a Viviani antes de ele desaparecer. Desta vez, a estória usada foi que ele estava para alugar uma casa e, portanto, precisava de dinheiro para dar o depósito e 1º mês de aluguel. Para evitar suspeitas, José Elias até fornecia o endereço da suposta casa. Um membro da igreja, que alugava quartos, ofereceu um desses quartos para que ele e a família ficassem, sem a necessidade de pagamento, até que a vida normalizasse, entretanto, a generosidade foi recusada. Viviani alegou que precisava de dinheiro para pagar a diária do hotel.

Com o objetivo de impedir que outras pessoas na comunidade caiam no mesmo golpe, o líder religioso fez um alerta para que elas fiquem atentas.

 

 

Related posts

Comentários

Send this to a friend