Brazilian Music Foundation celebra 130 anos de Villa-Lobos

Foto5 Heitor Villa Lobos Brazilian Music Foundation celebra 130 anos de Villa Lobos
Março é o mês de nascimento de Heitor Villa-Lobos, que este ano completa 130 anos

O concerto de câmara acontecerá no Baruch College, Engelman Recital Hall, em Manhattan (NY)

No domingo (5), às 7:00 pm, a Brazilian Music Foundation homenageará os 130 anos do compositor Heitor Villa-Lobos com seu primeiro concerto de câmara. O evento acontecerá no Baruch College, Engelman Recital Hall, na 55 Lexington Avenue, entrada pela 25th St., em Manhattan (NY). A renda arrecadada no espetáculo será destinada aos programas educativos realizados pela Escola de Música Brasileira de Nova York (BMFSOM). Os ingressos variam de US$ 25 a US$ 55 e estão disponíveis no site da BMF: www.bmf-usa.org.

Março é o mês de nascimento de Heitor Villa-Lobos e para comemorar os 130 anos da data a BMF reunirá músicos locais os quais apresentarão obras imortais do compositor, como o Choro nº 1, 5 prelúdios, Quarteto de Cordas nº 5, Bachianas Brasileiras nº 5 com a soprano Angélica De La Riva e quarteto de violão, Melodia Sentimental, Canção do Amor, Alma Brasileira (Choro nº 5) com o pianista Max Barros, e outras peças belíssimas do autor regidas pelo maestro Rafael Piccolotto. A apresentação terá o apoio de Sônia Rubinsky, vencedora do Grammy Latino em 2009 como “Melhor Gravação Clássica do Ano” pela gravação das obras de piano de Villa-Lobos.

Considerado, quando ainda vivo, o maior compositor das Américas, Heitor Villa-Lobos compôs cerca de 2 mil obras e sua importância reside, entre outras coisas, no fato de reformular o conceito brasileiro de nacionalismo musical, tornando-se seu maior entusiasta. Foi também através de Villa-Lobos que a música brasileira passou a ser representada em outros países e se tornou universal. Um autodidata que se nutriu constantemente da obra de J.S. Bach, Villa-Lobos ocupa no contexto da música brasileira uma posição semelhante àquela de Bach na música ocidental: uma fonte de inspiração e referência para várias gerações de compositores. A proposta da BMF é apresentar uma série de concertos de câmeras sobre as obras de Villa-Lobos, assim como de Carlos Gomes e outros grandes músicos clássicos brasileiros.

 

Sobre o autor

O jornalista Leonardo Ferreira é formado em Comunicação Social pelas Faculdades Integradas Hélio Alonso – FACHA, sediada no Rio de Janeiro - RJ.

Related posts

Comentários

Send this to friend