Câmeras registram rostos de motoristas em pedágios de NYC

Foto19 Andrew Cuomo Câmeras registram rostos de motoristas em pedágios de NYC
“Quando ela (câmera) lê a placa do carro, também procura por foras da lei”, disse Cuomo aos jornalistas

A nova tecnologia estava sendo experimentada na ponte RFK/Triborough e foi transferida para os túneis Queens Midtown e Brooklyn Battery

Câmeras de reconhecimento facial instaladas em postes e postos de pedágio por toda a Big Apple estão registrando os rostos de motoristas. Essas imagens são enviadas à bases de dados na busca por possíveis criminosos, informou o Governador Andrew Cuomo, na sexta-feira (20).

“Quando ela (câmera) lê a placa do carro, também procura por foras da lei. O recebimento do pedágio é quase a contribuição menos significativa que esse equipamento eletrônico na verdade pode fazer”, disse Cuomo durante uma coletiva de imprensa na entrada do túnel Queens Midtown.

“Nós estamos agora mudando para a tecnologia de reconhecimento facial; o que nos leva a um nível completamente novo; onde ela (câmera) pode ver o rosto da pessoa no carro e comparar as imagens em bases de dados”, acrescentou. “Porque muitas vezes uma pessoa pode virar o rosto quando vê uma câmara de segurança, então, agora estamos tentando uma tecnologia que identifica uma pessoa pela orelha, acredite ou não”.

A nova tecnologia estava sendo experimentada na ponte RFK/Triborough e foi transferida para os túneis Queens Midtown e Brooklyn Battery, segundo o escritório do Governador. Ela será levada a 6 outros locais administrados pelo Metropolitan Transportation Authority (MTA). Posteriormente, será instalada em todos os aeroportos da cidade.

Entretanto, nem todos concordam com o programa. A New York Civil Liberties Union (ACLU) criticou o plano logo após a coletiva de imprensa de Cuomo. A ONG alegou que tal tecnologia não é confiável e poderá envolver pessoas inocentes.

“O software de reconhecimento facial é notoriamente falho quando identifica pessoas de cor, mulheres e crianças. Isso leva à possibilidade de pessoas serem detidas ou monitoradas erroneamente”, disse Donna Lieberman, diretora executiva da NYCLU.

O Departamento Estadual de Veículos Auto Motores (DMV) já utiliza a tecnologia de reconhecimento facial para pegar pessoas que cometem roubo de identidade e fraudes. O órgão possui cerca de 16 milhões de fotografias em seus arquivos, segundo dados divulgados pelo escritório do Governador, em agosto de 2017.

 

 

Related posts

Comentários

Send this to a friend