Casal brasileiro faz campanha para sogra diagnosticada com câncer

%name Casal brasileiro faz campanha para sogra diagnosticada com câncer
Os exames de Sônia Sordini revelaram que a doença tinha retornado, mas dessa vez espalhando-se para os pulmões, fígado e rim (Foto: GoFundMe.com)

Sônia Sordini é sobrevivente de câncer de mama e foi diagnosticada novamente com a doença, em 2018, desta vez com metástase

Em 2014, Sônia Sordini foi diagnosticada com câncer de mama e, durante o tratamento quimioterápico, perdeu o marido num acidente de carro fatal. Mesmo assim, ela superou a tragédia repentina na família e os efeitos colaterais do tratamento, vencendo a doença. Entretanto, em 2018, após sentir dores fortes no quadril, exames revelaram que a doença tinha retornado, mas dessa vez espalhando-se para os pulmões, fígado e rim.

“Em decorrência disso, o casal David e Pamela Carlos, genro e filha de Sônia, residentes em Boca Raton (FL), iniciaram no GoFundMe.com a campanha beneficente: https://www.gofundme.com/f/1v4ffjo380. O objetivo é arrecadar US$ 60 mil que serão usados com tratamentos alternativos na luta contra a doença. A decisão foi tomada devido aos efeitos colaterais provocados pela quimioterapia no primeiro tratamento. Até à tarde de segunda-feira (10), sido angariados US$ 4.230.

“Aqui estou sentado em frente do meu computador sem saber o que esperar disso tudo. Nunca escrevi um desses artigos sobre captação de recursos e espero nunca mais ter que escrever outro. Meu nome é David Carlos, casado com Pamela Carlos, com dois lindos meninos que ainda não sabem que a avó está em uma bomba-relógio… Câncer!!!!

Minha sogra, cujo nome é Sônia Sordini, é sobrevivente de câncer de mama. Ela foi diagnosticada em 2014. Como todas as vítimas de câncer, quando são informadas de que têm câncer, ouvem seus médicos e começam o tratamento da morte. CHEMO….. Logo depois que ela começou a quimioterapia, seu marido (meu sogro) se envolveu em um acidente de carro fatal (que sua alma esteja em repouso). Não só ela tinha que enfrentar o câncer, mas agora ela tinha que fazer isso sozinha. Sua vida começou a descer ladeira a partir daí. Ela se aposentou do ensino para poder se concentrar em seu tratamento. Depois que toda a quimioterapia terminou, seus cabelos caíram e parte do peito foi removida. Ela venceu!!” Postou David no GoFundMe.com.

“Em 2018, minha sogra começou a sentir dor no quadril, a ponto de estar mancando. Ninguém tinha ideia do que poderia ser, até ela ir ao médico e fazer alguns exames e adivinhar o que era??? Câncer de novo!!! Mais uma vez, ela começou seus tratamentos com CHEMO, com confiança por causa de sua última luta vencida contra o câncer, todos pensaram que ela ficaria bem… Bem, estávamos errados… O câncer agora mudou para seus pulmões, fígado e rim. O médico recomendou que ela tomasse (o remédio) Palbociclib. Dizendo que se ela os tomar, ela terá de 3 a 5 anos de vida, caso contrário, ela tem mais de 12 meses”, acrescentou.

Em decorrência disso, David e Pamela optaram por tratamentos alternativos, ou seja, livres de elementos químicos agressivos, como os oferecido pela clínica Hope4Cancer, onde o tratamento de Sordini ficaria em torno de US$ 60 mil.

“E foi aqui que dissemos que basta. NÃO MAIS CHEMO!!!! Temos pesquisado tratamentos livres de produtos químicos nas clínicas de Tijuana, no México. Neste ponto, tentaremos tudo o que pudermos que não envolva quimioterapia”, postou ele no GoFundMe.com. Quero agradecer seu tempo lendo isso, mesmo que você não possa doar, apenas compartilhá-lo será uma grande ajuda”, concluiu.

 

Related posts

Comentários

Send this to a friend