Casal é condenado por transportar mais de 100 indocumentados

Foto25 Posto CBP Casal é condenado por transportar mais de 100 indocumentados
O tráfico humano ocorria através dos postos da Patrulha da Fronteira (CBP) no sul do Texas

Os réus Kevin Kerr, de 32 anos, e Brianna Branch, de 30 anos, foram condenados a 7 anos e 5.8 anos, respectivamente

Na segunda-feira (2), um casal residente em Houston (TX) foi condenado à prisão federal por conspirar para transportar estrangeiros indocumentados. A investigação foi conduzida Setor de Investigações (HSI) do Departamento de Segurança Nacional (DHS) e do Departamento de Alfândega & Imigração (ICE) em Corpus Christi (TX).

Os réus Kevin Kerr, de 32 anos, e Brianna Branch, de 30 anos, assumiram a culpa com relação às acusações apresentadas em 29 de agosto. Eles foram condenados a 7 anos e 5.8 anos, respectivamente. Ambos também cumprirão 3 anos de liberdade condicional depois da conclusão da sentença.

Ao impor a sentença, o tribunal considerou Kerr e Branch como líderes do esquema que durou um período de 3 meses no início de 2019. O tribunal destacou a maneira perigosa com que os estrangeiros eram transportados.

O casal foi responsabilizado pelo transporte de mais de 100 estrangeiros, incluindo vários menores de idade, através dos postos da Patrulha da Fronteira (CBP), no sul do Texas. O casal recrutava motoristas da região de Houston para viajar ao sul do Texas e colocar os estrangeiros indocumentados na carroceria de caminhões.

Eles permanecerão detidos até a transferência para uma penitenciária federal a ser determinada em um futuro próximo. Outros 4 membros do esquema também assumiram a culpa e estão aguardando sentença.

O procurador assistente dos EUA, Neel Kapur, é o responsável pelo caso.

 

Related posts

Comentários

Send this to a friend