Cidade de New Jersey investiga origem de panfletos racistas

Foto23 Jerry Shi e Falguni Patel Cidade de New Jersey investiga origem de panfletos racistas
Assim mesmo, os candidatos Jerry Shi e Falguni Patel venceram as eleições para o Comitê Escolar, em 2017

Os panfletos tinham as fotos de 2 candidatos carimbadas com a palavra “deporte” e a frase “Make Edison Great Again!”

Dois anos depois que panfletos racistas circularam em Edison Township, as autoridades municipais estão tentando descobrir o autor do crime. Os panfletos, que chegaram às caixas de correspondências uma semana antes das eleições em novembro de 2017 e continham as fotos dos candidatos Jerry Shi e Falguni Patel, carimbadas com a palavra “deporte” e a frase “Make Edison Great Again!”

Shi, que é chinês-americano, e Patel, que é indiano-americana, informaram a mídia local que não tinham ideia de quem enviou os panfletos. Ambos venceram às eleições ao Comitê Escolar. Preocupadas, as autoridades municipais pediram a Procuradoria Estadual de Justiça para descobrir quem estava por trás do incidente. Em agosto de 2018, foi informado que a Promotoria Pública estava silenciosamente investigando o caso, identificando alguém, mas não um suspeito óbvio. Um porta-voz do órgão informou que não poderia “confirmar ou negar” se essa pessoa existe.

Insatisfeito com a falta de resposta por parte do estado, o Conselho Municipal de Edison tomou a decisão, em fevereiro, de formar um “Comitê do Todo”; um corpo legislativo que pode investigar o incidente através de diversas reuniões públicas.

Conforme a lei em New Jersey, um “Comitê do Todo” pode convocar pessoas para interroga-las sobre o incidente em questão, explicou Marc Pfeiffer, professor da Universidade Rutgers, como no caso ocorrido em Edison. Esses interrogatórios devem ser conduzidos num local público e são geralmente menos formais que as reuniões do Conselho.

O Comitê de Edison já tentou convocar Patel. Ela recusou-se a comparecer e o advogado dela alegou que ela já havia colaborado com a investigação da Promotoria Pública. Então, o Comitê retirou a convocação, detalhou John O’Reilly, advogado dela.

“Nós não somos o FBI aqui”, disse Robert Diehl, um dos dois vereadores municipais que lideram o Comitê. “Todos tem algo para compartilhar”, denunciem para que o caso seja solucionado. O vereador Samip Joshi revelou que o Comitê pediu a um banco dados sobre a conta de alguém que possa ter pagado pelos selos nos panfletos, mas não receberam ainda a resposta da entidade bancária.

Ainda não é clara a punição que o indivíduo que enviou os panfletos enfrenta. Joshi detalhou que ele poderá ser acusado de burlar as leis eleitorais, uma vez que não foi informado na propaganda quem pagou por ela.

 

Related posts

Comentários

Send this to a friend