Confira as novas leis que começaram a vigorar em estados e municípios nos EUA

Foto4 Medico 1 Confira as novas leis que começaram a vigorar em estados e municípios nos EUA
Na Flórida, uma nova lei permite que paramédicos e médicos portem armas quando responderem a situações que envolvam situações perigosas

Entre as novas legislações, está a que permite que médicos portem armas em incidentes violentos na Flórida

Desde segunda-feira (1), diversas leis estaduais e municipais entraram em vigor. New York City proibirá o uso de contentores descartáveis de isopor, o que poderá resultar na multa de US$ 250 na 1ª vez, US$ 500 na 2ª vez e US$ 1 mil na 3ª. A fiscalização será feita durante inspeções sanitárias e outras. Já no Distrito de Columbia, canudinhos e mexedores de líquidos (stirrers) de plástico entraram em vigor, embora os estabelecimentos comerciais possam manter um estoque pequeno para os clientes com deficiências. As multas girarão em torno de US$ 100 a US$ 800.

Na Flórida, uma nova lei permite que paramédicos e médicos portem armas quando responderem a situações que envolvam atiradores ativos, reféns e outras situações perigosas. Na Indiana, uma lei permite a imunidade para o uso de força, até com armas, quando uma pessoa achar que tal uso de força seja necessário, mesmo contra as alegações de alguém que foi ferido ou prejudicado por essa força. A lei também permite que as pessoas portem armas em igrejas, mesmo que essa igreja seja na propriedade de uma escola. O projeto de lei foi assinado durante o fórum anual de liderança da Associação Nacional do Rifle, em abril.

A Califórnia tornou-se o 1º estado a exigir que os donos de arma sejam submetidos a verificação de antecedentes antes de comprar munição.

Também na Flórida, é proibido dirigir e falar ao telefone celular ao mesmo tempo. Uma lei similar foi aprovada no Tennessee, onde será ilegal ler, escrever e assistir vídeo enquanto dirige.

A Virgínia aumentou a idade mínima na compra de cigarros de 18 para 21 anos, ao menos que a pessoa esteja nas Forças Armadas. Illinois também aumentou a idade mínima para 21 anos.

Em South Dakota, uma nova lei determina que jovens abaixo de 18 anos não devem pagar impostos quando venderem ou proverem serviços nos quais ganhem menos de US$ 1 mil. Outra lei também reconhece “O’ceti Sakowin”, consistido dos dialetos Lakota, Dakota e tribos nativas Nakota, como os idiomas indígenas oficiais no estado. A decisão faz de South Dakota o 3º estado depois do Havaí e Alasca a reconhecerem uma língua indígena como oficial.

 

Related posts

Comentários

Send this to a friend