Deportados mãe e filho que tiveram pedido de asilo negado

Foto4 Jefferson Francia Elena Benitez Castano e Steven Taborda Deportados mãe e filho que tiveram pedido de asilo negado
Jefferson Taborda, de 24 anos, Francia Elena Benitez Castaño, de 54 anos, e Steven Taborda, de 15 anos

Francia Elena Benitez Castaño e Jefferson Taborda foram detidos por agentes do ICE em maio

Em junho desse ano, agentes do Departamento de Imigração (ICE) deportaram a colombiana Francia Elena Benitez Castaño, de 54 anos, e o filho mais velho, Jefferson Taborda, de 24 anos, ambos moradores em Las Cruces (NM). Eles haviam sido detidos pelas autoridades federais em maio depois de tentarem evitar a deportação durante 15 anos, informou a ONG Comunidades em Acción y de Fé.

Castaño foi detida em 9 de maio por agentes do ICE a caminho do trabalho e, aproximadamente 10 minutos depois, o filho dela, Jefferson, foi também preso. Mãe e filho foram postos em processo de deportação há 15 anos, após terem os pedidos de asilo rejeitados pelo Governo dos EUA.

Os ativistas da ONG alegaram que Francia foi deportada sem o conhecimento do advogado de defesa dela, privando os 2 filhos dela de visita-la no centro de detenções. “Eu me sinto desapontado, não somente pela decisão, mais pelo mistério na decisão deles em não nos notificar, não permitir que disséssemos o nosso adeus de forma apropriada à ela”, disse Jefferson. “Eles tiraram a minha oportunidade de vê-la antes que fosse embora”.

Taborda, que foi entrevistado pelo jornal New Mexican, disse durante a entrevista que descobriu que vivia clandestinamente nos EUA no mesmo dia em que foi preso. Os agentes do ICE liberaram o jovem do centro de detenção em El Paso depois que o advogado dele notificou que o cliente qualificava para o programa assinado por Obama que protegia indocumentados jovens da deportação.

Conhecido como Deferred Action for Childhood Arrivals (DACA), o programa foi assinado pelo então presidente em 2012, mas entrou em processo de cancelamento depois que Donald Trump assumiu a presidência do país. Jefferson aplicou para ele quando ainda estava detido. Desde a prisão de mãe e filho, a Igreja Our Lady of Health em Las Cruces tem realizado manifestações que visam dar visibilidade ao drama vivido pela família. Com a deportação, Francia deixou para trás um adolescente de 15 anos, Steven Taborda, nascido nos EUA.

“Isso me parte o coração, ver o Steven separado da mãe dele, pois toda criança precisa da presença da mãe”, disse Maria Corrales, membro da paróquia da Our Lady of Health. “Eu estou enojada e desapontada como o nosso sistema de imigração separa as famílias”.

Steven permaneceu em Las Cruces e está sendo cuidado por amigos da família.

 

Related posts

Comentários

Send this to a friend