Deputados republicanos pressionam a favor de reforma migratória

IMG 20180511 WA0003 Deputados republicanos pressionam a favor de reforma migratória
“Nós acreditamos que essa instituição (Câmara dos Deputados) deva agir. A imigração tem parado essa instituição por tempo demais”, disse Carlos Curbelo

Coalisão visa convencer colegas de partido a assinar petição que anule bloqueios e permita a votação em 4 propostas migratórias

Na quarta-feira (9), um pequeno grupo de legisladores republicanos na Câmara dos Deputados começou a pedir apoio para um plano que force a votação numa reforma migratória ainda no início desse verão, apesar dos protestos de líderes do partido. A manobra política exige que eles consigam persuadir pelo menos 218 deputados republicanos a assinarem uma petição que anule o bloqueio do porta-voz da Câmara dos Deputados, Paul Ryan, e outros líderes do partido a votarem em pelo menos 4 propostas migratórias. A iniciativa representa um ato raro de desafio aos líderes republicanos por parte de legisladores que estão dispostos a evitar um impasse no debate migratório antes das eleições primárias em novembro.

Os apoiadores da petição dizem que estão cansados de esperar que os líderes façam algo com relação à imigração e, portanto, estão dispostos a utilizar outras estratégias para conseguir o que querem. O republicano da Flórida, Carlos Curbelo, disse aos repórteres na quarta-feira que tem sido claro com os líderes de que ele quer encorajar os legisladores.

“Nós acreditamos que essa instituição (Câmara dos Deputados) deva agir. A imigração tem parado essa instituição por tempo demais”, disse Carlos. “Nós não achamos que isso prejudique de forma alguma os líderes da Câmara”.

Legisladores democratas e republicanos estão frustrados com as negociações envolvendo a Casa Branca no que diz respeito à segurança nas fronteiras e proteção aos imigrantes indocumentados que foram trazidos aos EUA ainda na infância (Dreamers). Em fevereiro, o Senado tentou debater a imigração, entretanto, falhou em aprovar qualquer proposta depois de uma semana de debate.

Ano passado, o Presidente Donald Trump anunciou que cancelaria o “Deferred Action for Chilhood Arrivals” (DACA). O programa concede a permissão de trabalho e protege da deportação aproximadamente 700 mil Dreamers. Até o momento, vários tribunais federais o tem bloqueado de cumprir tal promessa de campanha. Os legisladores dizem que querem participar e conceder certeza aos imigrantes o mais breve possível.

Curbelo detalhou que o plano é permitir a votação de até 4 projetos de lei. A primeira seria uma proposta moderada que incluiria as proteções oferecidas pelo DACA e união bipartidária no que diz respeito à segurança nas fronteiras. A segunda proposta seria redigida pelo republicano conservador da Virgínia, Bob Goodlatte, que visaria o combate à imigração clandestina e limitaria a imigração legal. As outras duas propostas ainda não foram definidas claramente, mas pelo menos uma delas seria redigida por líderes do Partido Republicano (GOP) e apoiada por Ryan.

Related posts

Comentários

Send this to a friend