Detentos do ICE poderão receber visitas no Condado de Bergen

Foto4 Penitenciaria do Condado de Bergen Detentos do ICE poderão receber visitas no Condado de Bergen
A mudança nas regras de visitação na Penitenciária do Condado de Bergen (detalhe) ocorrerá no final de junho

Aproximadamente, 50% da população carcerária da Penitenciária do Condado de Bergen (NJ) é composta de detentos do ICE

Os imigrantes detidos pelo Departamento de Imigração (ICE) alojados na Penitenciária do Condado de Bergen, New Jersey, poderão receber visitas a partir do final de junho, informou um porta-voz do escritório do Xerife Anthony Cureton, na terça-feira (4).

“Eu tenho orgulho em anunciar que, mantendo as minhas promessas de campanha, nós teremos visitas começando em aproximadamente duas semanas”, disse Anthony ao canal de TV WNYC, acrescentando que haverá mais dias e horas para as visitas.

Aproximadamente, 50% da população carcerária da Penitenciária do Condado de Bergen é composta de detentos do ICE. Um relatório emitido pela ACLU-NJ revelou que a Penitenciária do Condado de Bergen possuía as regras de visitação  mais rígidas  em New Jersey, pois permitiam somente parentes imediatos, pais, guardiões, cônjuges, avós, tios, irmãos e filhos tivessem contato com os detentos.

“Essa lista aparentemente ampla exclui pessoas que são emocionalmente próximas e, em alguns casos, mais próximas do detento, como primos e amigos. Excluir essas pessoas das visitas prejudica e isola os detentos que precisam se comunicar pessoalmente com testemunhas em potencial que não são membros imediatos da família”, indicou o relatório.

“A política de visitas ainda está em processo de ser formalizada”, disse Derek Sands, chefe de setor de Cureton.

As diretrizes nacionais do Departamento de Segurança Nacional (DHS) e o ICE permitem as visitas por pessoas que não sejam parentes; a menos que o detento represente risco à segurança. Cureton foi perguntado num debate, durante o curto período de campanha, sobre a posição dele com relação às visitas. Ele respondeu que avaliaria o assunto e, depois de ser eleito em novembro, realizou uma vistoria e decidiu realizar as mudanças, explicou Sands na terça-feira (4).

“Após revisão cuidadosa e discussões com a minha equipe de liderança, a Penitenciária do Condado de Bergen permitirá as visitas para detentos que representem risco baixo nas instalações”, adiantou Cureton.

Os detentos são separados dos membros da família por uma divisória de vidro e devem se comunicar através de um telefone.

 

Related posts

Comentários

Send this to a friend