Eduardo Bolsonaro desiste de ser embaixador nos EUA

Foto1 Eduardo Bolsonaro Eduardo Bolsonaro desiste de ser embaixador nos EUA
“Foi uma decisão que eu estava pensando há muito tempo. Não foi esse (a liderança do PSL) o fator determinante para minha desistência de ser embaixador”, disse Eduardo Bolsonaro

O Senado precisava dar o aval à indicação, após uma sabatina na qual o filho do Presidente teria de provar que é capaz de exercer o cargo 

Na terça-feira (22), após ser confirmado como líder do Partido Social Liberal (PSL), em meio à incerteza sobre o apoio de senadores à sua indicação para assumir o comando da Embaixada do Brasil nos EUA, Eduardo Bolsonaro anunciou a desistência à indicação. O deputado federal informou que permanecerá em Brasília (DF) para defender a pauta conservadora do partido e negou que a incerteza da nomeação para atuar no exterior tenha sido o pivô da desistência.

“Foi uma decisão que eu estava pensando há muito tempo. Não foi esse (a liderança do PSL) o fator determinante para minha desistência de ser embaixador”, disse Eduardo a jornalistas ao comentar a decisão. “Tem a questão do meu eleitorado. Confesso, não era a maioria que estava apoiando ali”.

O Senado precisava dar o aval à indicação, após uma sabatina na qual o filho do Presidente Jair Bolsonaro teria de provar que é capaz de exercer o cargo em Washington-DC, embora ele não tenha experiência diplomática. Sem a garantia de apoio à sua nomeação, ele corria o risco de se tornar o símbolo de uma derrota vergonhosa para o Presidente.

À imprensa, Eduardo justificou a desistência alegando que em Brasília (DF), ele terá um papel “tão importante quanto ou talvez mais” do que na Embaixada do Brasil em Washington (DC).

“Confesso que quando saiu o meu nome, quando fui indicado, eu fiquei até surpreso, não esperava que isso acontecesse. Num primeiro momento eu fiquei feliz sim, óbvio. Quem não se sente prestigiado para assumir esse posto?”, disse Eduardo aos jornalistas.

Aos 35 anos, Eduardo Bolsonaro tem a idade mínima estabelecida pela lei brasileira para assumir o cargo de embaixador, embora não tenha cursado o tradicional Instituto Rio Branco, entidade responsável por formar diplomatas no Brasil. Ele cumpre o 2º mandato, é escrivão concursado da Polícia Federal (PF), mas não possui formação na área internacional.

Para justificar sua legitimidade em assumir o cargo de representar o Brasil no exterior, Bolsonaro comparou a indicação dele à indicação do ex-senador e ex-deputado federal, Tilden Santiago, na época, filiado ao Partido dos Trabalhadores (PT), que em 2003 foi nomeado ao cargo de embaixador em Cuba, pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

“Embaixador é alguém que representa o Brasil no exterior e, se um político que não conseguiu se eleger for representar todo o conjunto dos brasileiros no exterior, o que dizer então sobre o deputado mais votado da história do país? Certamente, não me faltaria legitimidade”, acrescentou.

Ainda durante a coletiva de imprensa, Eduardo agradeceu ao Presidente Donald Trump por supostamente ter impedido “intenções de internacionalização da Amazônia” e citou que ainda poderia ser embaixador no futuro.

O Instituto Rio Branco (IRBr) é a escola diplomática do Brasil. Criado em 1945, em Brasília (DF), como parte da comemoração do centenário do nascimento de José Maria da Silva Paranhos Júnior, o Barão do Rio Branco, leva este nome em sua homenagem, que foi formulador da política externa brasileira no início do século 20 e também responsável pelas negociações fronteiriças do Brasil com seus vizinhos. Desde 1946, o instituto é responsável pela seleção e treinamento dos diplomatas de carreira do governo brasileiro, sendo que o ingresso ao instituto para tal fim é feito por meio de concurso público. É preciso ser brasileiro nato, estar em dia com as obrigações eleitorais e do serviço militar, não possuir antecedentes criminais e ser formado em qualquer curso superior reconhecido no Brasil pelo Ministério da Educação (MEC). Existe o “bolsa-prêmio” de vocação para diplomata.

 

Related posts

Comentários

Send this to a friend