Eduardo Costa desculpa-se por “excesso” em show em CT

Foto1 Eduardo Costa Eduardo Costa desculpa se por “excesso” em show em CT
“Me excedi na forma, mas foi por um bem maior. Mas, enfim, uma coisa não justifica a outra, peço desculpas pela forma em que me posicionei”, postou Eduardio Costa na página dele no Facebook

O cantor pediu aos seguranças para expulsarem e “darem uns tapas” num indivíduo que estava na plateia

Na terça-feira (29), o cantor Eduardo Costa postou na página dele no Facebook um texto no qual admite ter se excedido durante a apresentação ocorrida em Danbury (CT). No show, ele pediu aos seguranças para expulsarem e “darem uns tapas” num indivíduo que estava na plateia. Alguns fãs filmaram o incidente e postaram nas redes sociais, viralizando.

“Um caos acontecendo na cidade de Brumadinho MG, mortos pra todos os lados, desabrigados, tristeza, fome e sede e as pessoas insistem em falar de mim, e só por que eu mandei retirar um cara num show que estava jogando bebidas em mulheres, desrespeitando outras pessoas de bem que ali estavam, inclusive senhoras de idade, me excedi na forma, mas foi por um bem maior”, disse o cantor na postagem.

“Mas, enfim, uma coisa não justifica a outra, peço desculpas pela forma em que me posicionei, mas naquele momento eu estava com os nervos à flor da pele. Mas minha preocupação agora é chegar ao Brasil e fazer um showzaço pra ajudar o povo de Brumadinho e vamos ver se esse pessoal vai falar disso, eu e meu escritório talismã @talismamusic junto com a rádio liberdade FM de Belo Horizonte vamos fazer um show top pra ajudar meu povo. Que DEUS nos abençoe em nome de JESUS e nos livre de todas as más pessoas”, acrescentou.

Na mesma postagem no Facebook, alguns internautas apoiaram a postura do artista, enquanto outros não perdoaram. Até à tarde de quarta-feira (30), a postagem recebeu mais de 12 mil comentários.

“Cara vai fazer o seu show beneficente pra ajudar as pessoas atingidas por essa tragedia em Brumadinho porque olha só ser humano fala de todos de qualquer um Liga não siga e frente siga o seu coração e ajude o povo daquela cidade é o correto de si fazer fé em Deus e sorte no show pra ajudar Brumadinho grande abraço Deus no caminho…”, encorajou Rodrigo Lima.

“E agora ainda por cima o nosso violeiro favorito dedica-se a explorar a tragédia de Brumadinho para justificar a indecência dos seus próprios atos! Que ele aja como um homem de verdade e assuma a responsabilidade pela sua intemperança e arrogância, em Cristo! Obviamente o problema não é tanto (como se já não fosse suficiente) a maneira truculenta como ele se dirigiu aos seguranças, mas a ofensa a todas as mulheres presentes e aos seus maridos e namorados: sua conversa de “boudoir” trata o seu publico como se todos fossem reféns e presas sexuais da sua fama e suposta “virilidade”! Esta é a dimensão moral deste indivíduo!” Criticou Diácomo Paulo Torrens.

. Entenda o caso:

Durante um show no sábado (26), em Danbury (CT), o cantor Eduardo Costa interrompeu a apresentação para que os seguranças tirassem à força um rapaz que teria se desentendido com outro indivíduo na plateia. O incidente gerou reações diversas na internet. O vídeo, postado no YouTube na segunda-feira (28), atingiu mais de 349 mil visualizações até a tarde de terça-feira (29).

“Mais uma vez, tem outro rapaz alterado ali. Vamos olhar para ele, aquele de cabelo cacheado ali, para todo mundo e vamos olhar para ele para chamar atenção. O cara com uma mulher gostosa igual a essa, querendo brigar em festa? Isso deveria arrumar um homem!” Disse Eduardo Costa do palco, aplaudido por muitos na multidão, especialmente as mulheres presentes. Muitos vibravam e gravavam o incidente com seus aparelhos celulares.

“Vamos fazer o seguinte Jimmy, meu segurança, tira ele da festa, por favor. Tira ele pra mim. Resolve aqui pra mim, abre aqui pra mim, isso, isso, isso. Isso, passa pra mim Jimmy. Pula por cima Jimmy, por favor. Isso garoto, isso garoto. Aí Jimmy, pega ele, pode pegar ele. A moça pode deixar, o rapaz você leva. Deixa a moça aí, pode levar o rapaz, ”, acrescentou o artista ainda sob a torcida da plateia. “Tira ele e dá uns tapas nele por mim, por favor. Isso, quer fazer graça, vamos deixar ele fazer lá trás”.

O rapaz ainda tentou se agarrar as grades que separavam a plateia do palco, tendo as roupas rasgadas quando foi arrastado pelos seguranças.

 

Related posts

Comentários

Send this to a friend