Eleitores no exterior terão título eleitoral digital

Foto20 e Titulo Eleitores no exterior terão título eleitoral digital
A versão impressa será substituída pelo e-Título (aplicativo que permite baixar a versão digital do título de eleitor)

Desde 1º de março de 2018, o Cartório Eleitoral do Exterior deixou de imprimir título de eleitor

Eleitores brasileiros no exterior poderão utilizar o título eleitoral em versão digital (e-Título). Desde 1º de março de 2018, o Cartório Eleitoral do Exterior deixou de imprimir título de eleitor. A versão impressa será substituída pelo e-Título (aplicativo que permite baixar a versão digital do título de eleitor).

Qualquer título de eleitor, mesmo aquele que não foi atualizado com o recadastramento, poderá ser baixado pelo aplicativo e-Título da Justiça Eleitoral.

Os títulos que foram impressos até 28 de fevereiro de 2018 continuam válidos e poderão ser entregues aos eleitores até o fim das eleições de 2018. Após as eleições os títulos não retirados serão devolvidos ao Cartório Eleitoral do Exterior.

O eleitor que fez o recadastramento no Consulado-Geral em Miami deverá aguardar aproximadamente um mês desde a data em que assinou o recadastramento para consultar a versão digital do título de eleitor.

. Como funcionará o e-Título:

Para acessar o documento digital, o eleitor deverá baixar no seu celular o aplicativo e-Título, desenvolvido pela Justiça Eleitoral, e que já está disponível no Google Play e na App Store. Após digitar os dados solicitados, a versão digital do título será validada e liberada. Ao ser acessado pela primeira vez, o documento será gravado no celular.

O eleitor que optar por não baixar a versão digital do título eleitoral poderá acessar o sítio do TSE (http://www.tse.jus.br/) para verificar número, zona e seção do título de eleitor, situação eleitoral e local de votação.

No dia da votação tenha em mãos o número do seu título de eleitor, sua seção eleitoral e um documento brasileiro com foto.

 

Related posts

Comentários

Send this to a friend