Entregador de pizza detido pelo ICE luta contra a deportação

Foto3 Pablo Villacencio Calderon 1 Entregador de pizza detido pelo ICE luta contra a deportação
Pablo Villavicencio Calderón (centro), morador em Hempstead, Long Island (NY), recebeu ordem de deportação em 2010 (Foto: GoFundMe.com)

O advogado de Pablo Villavicencio Calderón busca a suspensão imediata da remoção por “razões humanitárias”

Na sexta-feira (8), o entregador de pizza que foi denunciado ao Departamento de Imigração (ICE) em uma base militar do Brooklyn (NY) entrou com uma ação de emergência para tentar impedir que ele seja deportado tão cedo quanto segunda-feira (11). O advogado de Pablo Villavicencio Calderón disse que está buscando uma suspensão imediata da remoção por “razões humanitárias” para que ele possa prosseguir com um pedido pendente de green card para permanecer nos Estados Unidos como residente permanente.

O imigrante equatoriano, que mora em Hempstead, Long Island (NY), recebeu ordem de deportação em 2010, mas nunca saiu dos EUA e se casou com uma americana naturalizada com quem teve duas meninas.

Em um comunicado, a esposa Sandra Chica pediu ao ICE para “fazer a coisa certa e deixá-lo voltar para casa, enquanto nós lutamos contra a deportação para que ele possa ficar aqui com suas filhas”.

“Pablo é o alicerce da nossa família e nossas filhas e eu estaríamos perdidas sem ele”, disse Sandra.

A advogada de assistência jurídica, Jennifer Williams, que representa Villavicencio, chamou a detenção dele de “a antítese da decência humana e os valores que fundamentam nossa cidade, estado e país”.

Villavicencio, de 35 anos, relatou que estava entregando um pedido de comida italiana do restaurante Nonna Delia, em Queens (NY), para um sargento do Exército lotado no Fort Hamilton Base, em 1 de junho, quando um guarda recusou sua cédula municipal de identidade (IDNYC) e exigiu mais documentos.

As autoridades alegam que Villavicencio concordou com uma verificação de antecedentes criminais que revelou uma ordem de deportação aberta. Ele foi detido no local e entregue aos agentes de imigração para deportação.

Related posts

Comentários

Send this to a friend