Especialistas preveem inverno rigoroso em New Jersey

Foto15 Termpestade de neve Especialistas preveem inverno rigoroso em New Jersey
A previsão indica que lugares como New Jersey, Pensilvânia e New York City tentem a ter queda de neve acima dos níveis normais neste inverno, adiantou a AccuWeather    

Os três meses mais frios na maior parte dos EUA são: dezembro, janeiro e fevereiro

Meteorologistas do AccuWeather previram um inverno rigoroso na região nordeste dos EUA, que inclui os estados de New Jersey, Nova York, Massachusetts e Connecticut entre 2019 e 2020. Entretanto, as mudanças climáticas tendem a começar devagar em dezembro, antes que o frio intenso ocorra em janeiro, adiantaram os especialistas.

“Eu acho que a força total ocorrerá depois do ano novo”, disse Paul Pastelok, meteorologista da AccuWeather. “Sim ou não haverá tempestades de neve, nevascas e granizo. Eu realmente sinto que será um ano ativo no nordeste”.

A previsão indica que lugares como New Jersey, Pensilvânia e New York City tentem a ter queda de neve acima dos níveis normais neste inverno, adiantou a AccuWeather. Embora o inverno comece oficialmente a partir de 21 de dezembro na maioria dos calendários, as mudanças climáticas começam a ocorrer em 1 de dezembro. Isso porque os meteorologistas e climatologistas baseiam suas previsões nas temperaturas médias das estações e os 3 meses mais frios na maior parte dos EUA são: dezembro, janeiro e fevereiro.

Após o dia mais quente de outubro já registrado na quarta-feira (2), em muitas áreas em New Jersey as temperaturas caíram entre 30º a 40º graus desde a tarde de quarta-feira à tarde de quinta-feira (3). Depois que uma frente fria passou pela região. A manhã nublada de sexta-feira (4) deu lugar à uma tarde ensolarada e quente, com temperaturas entre 60º graus (15º Celsius) na região norte e 70º graus (21º Celsius) na região sul. Entretanto, ventos fortes baixaram a sensação térmica.

Nos Estados Unidos, este inverno será marcado por fortes tempestades, com chuva constante e granizo, sem mencionar a neve. Especialistas preveem nada menos que sete grandes tempestades de costa a costa, incluindo 2 em abril na região oeste das Montanhas Rochosas. As condições climáticas também incluirão tempestades que atingem o estado de Washington em direção a Michigan. Ainda em Washington, poderá ocorrer a repetição dos extremos recordes do inverno passado, incluindo o “Snowpocalypse”, que acumulou 20.2 polegadas (51 cm) de neve em Seattle em fevereiro desse ano.

No final de janeiro de 2019, uma severa onda de frio causada pelo vórtice polar do Ártico atingiu o Centro-Oeste dos Estados Unidos e o leste do Canadá, matando 21 pessoas. Ela veio depois que uma tempestade de inverno chegou a 13 polegadas (33 cm) de neve em algumas regiões. Na ocasião, Pelo menos 8 mortes na América do Norte foram diretamente atribuídas à onda de frio, com várias dessas pessoas congeladas até a morte. Mais 21 mortes estão sob investigação como potencialmente relacionadas. Cerca de 2.700 voos foram cancelados em 30 de janeiro, com 2.000 cancelados no dia seguinte. A Amtrak também cancelou vários trens.

O meio do país e na região da Nova Inglaterra podem sofrer chuvas constantes, com menos neve. Enquanto isso, grande parte do sul do país também sofrerão com as chuvas constantes. À medida que o inverno se aproxima, a Flórida, a Costa do Golfo e o Texas apresentarão clima agradável.

 

Related posts

Comentários

Send this to a friend