Vício em drogas triplica casos de Hepatite C

Foto21 Injetando Heroina Vício em drogas triplica casos de Hepatite C
As novas infecções geralmente ocorrem entre jovens que deixam de ingerir remédios controlados e passam a injetar heroína, que se tornou mais barata e fácil de obter

O aumento no consumo de drogas injetáveis nos EUA está diretamente ligado à disparada nos casos de infecção pela doença

O número de infecções com o vírus da Hepatite C nos EUA disparou de 850 em 2010 para 2.436 casos em 2015. Os índices mais altos ficaram entre pessoas com idade entre 20 e 29 anos que consomem drogas injetáveis, revelou o estudo do Centro de Controle & Prevenção de Doenças (CDC). Entretanto, o órgão informa que o número pode ser muito mais alto, cerca de 34 mil novas infecções em 2015 nacionalmente, uma vez que a doença apresenta poucos sintomas e a maioria das pessoas infectadas recentemente não são diagnosticadas.

Calcula-se que 3.5 milhões de pessoas, a maioria nascida na década de 50, estão infectadas com a Hepatite C nos EUA, que destrói o fígado. Os sintomas incluem febre, dor abdominal, perda de apetite, náusea, vômito, dor nas articulações, pele e olhos amarelados (jaundice).

“Uma pesquisa recente revelou o aumento do consumo de drogas injetáveis, ligado à epidemia dos derivados do ópio, nas áreas urbanas e rurais de todo o país”, disse o Dr. John Ward, autor do novo relatório e diretor do departamento de Hepatite viral no CDC.

Em 2016, o CDC informou que ocorreu o número recorde de fatalidades em 2014. As áreas mais atingidas foram na região das montanhas Apalache, zonas rurais do meio oeste americano e a Nova Inglaterra. Sete estados, Indiana, Kentucky, Maine, Massachusetts, Novo México, Tennessee e West Virgínia, apresentaram o dobro de casos da média nacional, informaram os pesquisadores do CDC. Além disso, 10 estados possuem índices acima da média nacional: Alabama, Montana, New Jersey, Carolina do Norte, Ohio, Oklahoma, Pensilvânia, Utah, Washington e Wisconsin.

 

Sobre o autor

O jornalista Leonardo Ferreira é formado em Comunicação Social pelas Faculdades Integradas Hélio Alonso – FACHA, sediada no Rio de Janeiro - RJ.

Related posts

Comentários

Send this to friend