Falsário pega 3.5 anos de prisão por vender “carteiras”

Foto29 Carteira de motorista falsa de NJ  Falsário pega 3.5 anos de prisão por vender carteiras
Os websites “fakeidstore.co” e o “fakeidstore.com” vendiam carteiras de motorista falsas

Os documentos falsos vendidos por Alexis Scott Carthens também era usados na clonagem de cartões de crédito

Na segunda-feira (5), o réu Alexis Scott Carthens, de 40 anos, foi sentenciado no Tribunal Federal de Newark a 3.5 anos de prisão por vender carteiras de motorista falsas através de uma loja online. Além disso, ele foi considerado culpado de preencher declarações do imposto de renda falsas utilizando informações roubadas, anunciou o Promotor Público Craig Carpenito. Ele já havia assumido a culpa anteriormente perante o Juiz José Linhares pelas acusações de conspirar para cometer fraude e conspirar para fraudar o governo.

Entre outubro de 2012 e agosto de 2014, Ricardo Rosário, de 35 anos, morador em Jersey City, Abraham Corcino, de 36 anos, também de Jersey City, e Cartherns administravam dois websites: O “fakeidstore.co” e o “fakeidstore.com”, os quais ambos vendiam carteiras de motorista falsas. Várias cédulas de identidade vendidas por Rosário e seus comparsas foram usadas em esquemas de cartões de crédito clonados. Essas informações são geralmente obtidas de forma fraudulentas em caixas eletrônicos das contas das vítimas.

O website vendia carteiras de motorista de New Jersey, Flórida, Illinois, Pensilvânia, Rhode Island e Wisconsin, frisando que tais documentos tinham códigos de barra que poderiam ser lidos por equipamentos e hologramas reais. O valor cobrado por cada documento era aproximadamente US$ 150, com o website oferecendo descontos para pedidos acima de 10 cédulas. Além disso, o site permitia que os pagamentos fossem feitos através de Bitcoin, uma moeda digital criptografada, ou Money Pak, um tipo de pagamento pré-pago que pode ser comprados nas lojas de varejo.

Rosário criou e administrava os website, enquanto Corcino e Carthens ajudavam na criação e envio pelos correios as carteiras de motorista compradas online. Além disso, Corsino mantinha conta no Instagram para divulgar os serviços.

 

 

 

Related posts

Comentários

Send this to a friend