Família faz campanha em NY para traslado do corpo de brasileiro

%name Família faz campanha em NY para traslado do corpo de brasileiro
Um dos últimos desejos de Luís Bertozzi era ser sepultado no Brasil próximo ao túmulo da mãe (Foto: GoFundMe.com)
%name Família faz campanha em NY para traslado do corpo de brasileiro
Luís Bertozzi deixou a esposa, Ângela Bertozzi, e os filhos do casal em Mount Vernon (NY) (Foto: GoFundMe.com)

Parentes de Luís Bertozzi, morador em Mount Vernon (NY), planejam enviar o corpo ao Brasil para velório e sepultamento

O imigrante Luís Bertozzi, morador em Mount Vernon (NY), faleceu recentemente e o último desejo dele era ser sepultado próximo ao túmulo da mãe dele. Em virtude disso, Ângela Bertozzi, viúva do brasileiro, iniciou no website GoFundMe.com a campanha beneficente: https://www.gofundme.com/f/luis-bertozzi; cujo objetivo é angariar US$ 20 mil. Até à tarde de segunda-feira (30), haviam sido arrecadados US$ 4.410.

“Esse site que (nós) fizemos é para arrecadar fundos para a dispensa do velório. Ele sempre falava: ‘não quero ser cremado e nem ser enterrado aqui, quero ir para o Brasil perto da minha mãe’, assim dizia o Luís. Então, sua esposa, Ângela Bertozzi, e seus filhos irão realizar esse seu último desejo. Como todos sabem tudo é muito caro e, no momento, ela não tem como arcar com as despesas, por isso, contamos com cada um de vocês. Deus os abençoe. Ele descansou nos braços do Senhor”, diz a postagem no GoFundMe.com.

. Mais um brasileiro:

Recentemente, Bertozzi é o segundo imigrante brasileiro falecido nos EUA a ser trasladado ao Brasil para sepultamento. O corpo de Yamily (Serrão) Ribeiro Harvey, de 33 anos, moradora em Revere (MA), foi trasladado no último final dessa semana para sepultamento no município de Parintins (AM), onde ela nasceu. Ela faleceu na madrugada de domingo (8) e deixou os pais Luís Eduardo Rodrigues Ribeiro e Raimunda Neves Serrão, além das filhas Brenda e Bruna, de 15 e 16 anos, todos no Brasil.

Yamily foi encontrada já sem vida pelo namorado, Antranik Sarkissian, no apartamento onde o casal morava. Na ocasião, o serviço de emergência (911) foi acionado, mas os paramédicos não conseguiram reanima-la. Amigos especulam que ela tenha sofrido um mal súbito. Segundo o namorado, ultimamente, a brasileira andava deprimida devido ao falecimento do irmão gêmeo no Brasil. As autoridades dos EUA ainda não liberaram o resultado da autópsia e dos exames toxicológicos, o que pode demorar entre alguns meses a até 1 ano, relatou Sarkissian, via telefone, à equipe de reportagem do BV, na quarta-feira (25).

. Campanha beneficente:

Com objetivo de trasladar o corpo para velório e sepultamento no Brasil, Sarkissian iniciou no website GoFundMe.com a campanha beneficente: https://www.gofundme.com/f/sending-yamily-home; cujo objetivo é angariar US$ 10 mil. Até à tarde de segunda-feira (30), foram arrecadados US$ 7.994. Toda a verba extra arrecadada na campanha será enviada à família dela no Brasil.

“Yamily Ribeiro Serrão faleceu inesperadamente no domingo, 8 de setembro de 2019. Essa campanha foi iniciada pelo namorado dela para ajudar no retorno dela para sua família no Brasil. As doações serão transferidas para a funerária para que assim sejam tomadas todas as providências necessárias para enviar Yamily para casa.

Primeiramente, eu gostaria de agradecer a todos aqueles que já contribuíram para a campanha da Yamily. Todas as doações são sinceramente benvindas, pois assim poderemos conceder a ela o sepultamento que ela merece. As doações estão sendo coletadas para enviar Yamily para a família dela no Brasil”, diz a postagem no GoFundMe.com.

 

Related posts

Comentários

Send this to a friend