Filho sumido de brasileira telefona para mãe da Flórida

Foto3 Christopher Siqueira Filho sumido de brasileira telefona para mãe da Flórida
Christopher Siqueira telefonou para a mãe, Roseli Araújo, e informou que estava na casa da avó de uma amiga em Miami (FL)

Christopher Siqueira, de 17 anos, estava desaparecido desde 16 de julho, dia do aniversário dele

Após pouco mais de 2 semanas, o adolescente Christopher Siqueira, de 17 anos, telefonou para a mãe, Roseli Araújo, na noite de terça-feira (31). O jovem não foi mais visto desde o dia do aniversário, na manhã de 16 de julho, e o desaparecimento mobilizou a comunidade brasileira na região de Doral (FL). Ele detalhou que está no bairro de Little Havana, em Miami (FL), na casa da avó de uma amiga, entretanto, não quer voltar para casa. As informações são do jornal Achei USA.

Roseli relatou que o filho estava deprimido depois do término de um namoro de cerca de 2 anos. Após a separação, o jovem passava a maior parte do tempo em casa e não demonstrava ânimo para ir à escola.

. Depressão na adolescência:

Uma pesquisa realizada pela Universidade John Hopkins acessou dados de 176.245 adolescentes de 12 a 17 anos e de 180.459 adultos entre 18 a 25 anos no período entre 2005 e 2014. E o resultado foi preocupante: analisando as respostas de questionários ligados ao bem-estar psíquico, o índice de jovens que reportaram ter sofrido algum episódio de depressão subiu 37%. O pior é que 1 a cada 6 meninas alegou manifestar o quadro no último ano.

Os autores da pesquisa não sabem responder com clareza o que está causando esse aumento significativo. Segundo alguns especialistas, a maior cobrança por bons desempenhos e o “cyberbullying” podem ser apontados como alguns dos vilões. Mas por que as garotas estariam sendo mais afetadas? Questões hormonais e culturais podem estar envolvidas. Inclusive, o próprio padrão de beleza atual e as exigências por trás dele, que certamente são mais fortes no sexo feminino, teriam um papel importante nesse sentido.

É nessa fase da vida que o desenvolvimento social e escolar evolui a pleno vapor. Daí porque a depressão pode ser particularmente perigosa quando ocorre entre os 12 e 17 anos “O adolescente é mais suscetível a apresentar um quadro grave rapidamente”, atestam especialistas. “Ele tem menos recursos que um adulto, que já está encaminhado na vida, para lidar com o problema”.

 

Related posts

Comentários

Send this to a friend