Final feliz: Jovens brasileiros desaparecidos em MA e NJ são encontrados

Foto2 Jhenson de Oliveira Final feliz: Jovens brasileiros desaparecidos em MA e NJ são encontrados
Conforme informações dos parentes, Jhenson de Oliveira foi encontrado na companhia de amigos, em Hull (MA) (Foto: Redes sociais)
Foto2 Jhonathan Felipe de Oliveira Moraes Final feliz: Jovens brasileiros desaparecidos em MA e NJ são encontrados
Jhonathan Felipe de Oliveira Moraes, de 15 anos, foi encontrado nas imediações da Penn Station, em Manhattan (NY) (Foto: Redes sociais)

Os adolescentes Jhenson de Oliveira, de 15 anos, e Jhonathan Felipe de Oliveira Moraes, de 14 anos, ficaram desaparecidos por vários dias

Durante vários dias, duas famílias brasileiras passaram por momentos de extrema angústia e incerteza devido ao desaparecimento de 2 adolescentes. Os incidentes ocorreram nos estados de Massachusetts e New Jersey. Desaparecido desde sábado (10), em Weymouth (MA), Jhenson de Oliveira, de 15 anos, foi encontrado na sexta-feira (16). A família e amigos realizaram uma grande campanha nas redes sociais em busca do jovem.

Conforme informações dos parentes, Jhenson foi encontrado em Hull (MA), na companhia de amigos. Ainda de acordo com as postagens, o jovem precisou de atendimento médico e agora está bem, na companhia dos familiares. A mãe, Graziela de Oliveira, agradeceu o apoio da comunidade e não comentou mais sobre o assunto e pediu privacidade. Ela afirmou que o rapaz ficou internado e que “sofre de problemas mentais”.

Numa postagem nas redes sociais, Graziela relatou que “é muito triste para uma mãe ver o seu filho todo amarrado na cama de um hospital”.

Já na noite de segunda-feira (12), Jhonathan Felipe de Oliveira Moraes, de 14 anos, saiu para colocar o lixo na rua, em West Long Branch (NJ), na noite de segunda-feira (12), e não voltou mais para casa. Na ocasião, O Departamento de polícia de West Long Branch foi acionado após a constatação do desaparecimento, enquanto parentes e amigos da família buscaram nas redes sociais notícias que pudessem levar ao paradeiro de Jhonathan.

O pai do adolescente, Renato Moraes, que estava no Brasil resolvendo questões familiares, retornou a New Jersey para ajudar nas buscas do filho e falou com a reportagem do BV. A agonia teve fim na noite de quarta-feira (14), quando o jovem foi localizado em Nova York. Renato foi buscá-lo, retornando para West Long Branch por volta das 10 horas da noite. Segundo ele, Jhonathan estava bastante cansado, sujo e sem ter onde dormir, já que saiu de casa com apenas US$ 20 no bolso. No fim da tarde de terça-feira (13), ele pediu ajuda a um policial nas proximidades da Penn Station, no centro de Manhattan (NY), pondo fim a aflição que mobilizou toda a comunidade na cidade litorânea.

“Quando o Felipe me viu, correu chorando em minha direção e deu um grande abraço. Perguntei a ele o que tínhamos feito para que tomasse uma atitude como aquela e ele respondeu que nós não éramos os causadores de nada e que ele apenas queria provar que conseguiria viver por conta própria no mundo. A gente sabe que não é bem assim. Ele é um menino de apenas 14 anos”, avaliou Renato, salientando que a polícia só libera o menor para a família depois de constatar que ele não sofria de abusos domésticos.

Renato contou que, na véspera de viajar para o Brasil, conversou com o filho. “Disse a ele que, na minha ausência, ele seria o ‘homem da casa’, pedi que ajudasse a cuidar das irmãs mais novas. Disse que o amava e ele respondeu que me amava também. Sou um pai amoroso, mas também sou rígido, porque este é o papel de um pai”, acrescentou.

“O Felipe é um menino maravilhoso, que joga futebol, vai à igreja, toca violão e saxofone, adora música. Ficaremos mais atentos e o episódio servirá de exemplo para todas as famílias, porque pode estar havendo alguma influência externa de amigos, o que pode causar desvios de conduta”, especulou o pai do jovem.

Jhonathan imigrou aos EUA aos 11 anos e vive com o pai, Renato, a madrasta, Quesia, e 2 irmãs. Ele acaba de concluir o ensino médio na Frank Antonides Middle School e iniciará os estudos secundários na West Long Branch High School, em setembro desse ano.

 

Related posts

Comentários

Send this to a friend