Governador de NJ promete não aumentar impostos para a classe média

O Governador enfrenta resistência do próprio partido com relação a componentes centrais de sua agenda progressista

Foto17 Phil Murphy 1 Governador de NJ promete não aumentar impostos para a classe média
“Caso você pertença à classe média, a resposta é não, isso simplesmente não irá acontecer”, disse Murphy (Foto: WBGO)

O Governador Phil Murphy prometeu que protegerá a “classe média” de aumentos possíveis na tributação enquanto busca apoio para gastos estaduais recordes que dependem de aumento nos impostos. Esses aumentos são necessários para que ele possa avançar sua agenda progressista em New Jersey.

Murphy continua aberto para negociar com os sindicatos dos funcionários públicos nas reformas das pensões e benefícios de saúde, custos que ameaçam o futuro fiscal do estado. Entretanto, o Governador ainda não está pronto para iniciar essas conversas, disse ele, e discussões estão fora de cogitação, apesar do interesse de líderes democratas na Legislatura.

“Caso você pertença à classe média, a resposta é não, isso simplesmente não irá acontecer. Nós estamos sendo o mais explicito possível”, respondeu Murphy quando perguntado sobre o futuro dos aumentos nos impostos.

Os comentários feitos pelo Governador foram feitos durante uma entrevista de meia hora com os jornais The Record e o NorthJersey.com na quinta-feira (26), em seu 101º dia no cargo. Ele agora entre numa fase crítica na qual deve chegar a um acordo com a Legislatura de maioria democrata sobre o orçamento proposto de US$ 37.4 bilhões. Murphy enfrenta resistência no próprio partido com relação a componentes centrais de sua agenda progressista: A legalização da maconha, a aprovação de impostos para milionários e a volta da cobrança de impostos sobre venda a 7%. Entretanto, durante a entrevista, ele alegou que seus colegas democratas o estão bloqueando e comparou os debates sobre o orçamento a um jogo de basebol.

O orçamento do Governador para o próximo ano fiscal inclui cerca de US$ 1.6 bilhão em novos impostos, incluindo a tributação de serviços como Uber e Airbnb, assim como a cobrança maior dos milionários e o aumento do imposto sobre vendas. O plano de gastos é quase US$ 3 bilhões a mais que o orçamento atual para apoiar o que Murphy considera um investimento histórico na classe média e dar entrada em programas como jardim de infância universal e faculdades comunitárias grátis. Entretanto, paira a dúvida sobre quais impostos ele busca aumentar no futuro para apoiar suas propostas, entre elas o financiamento integral da fórmula educacional e o aumento do pagamento do fundo de pensão dos funcionários públicos. Ele deu a entender que no futuro tenderá a se basear em arrecadações mais fortes para apoiar os projetos dele.

“O grande fator nisso, e isso determina a velocidade com que podemos realizar muito disso, é o crescimento da economia”, disse Murphy. “O otimismo que nós temos, nós não fomos exageradamente generosos em nossas projeções, é uma confiança silenciosa. Nós temos que executar”.

Related posts

Comentários

Send this to a friend