Governador quer acabar com cidades santuário na FL

Foto3 Ron DeSantis Governador quer acabar com cidades santuário na FL
“Nós realmente precisamos aprovar uma legislação na Flórida que combata as jurisdições santuário e cidades santuário”, disse Ron DeSantis

Ron DeSantis é republicano e apoiador declarado do Presidente Donald Trump

Na terça-feira (26), o governador da Flórida, Ron DeSantis, encorajou os órgãos de segurança municipais e do condado a aumentarem a colaboração com as autoridades migratórias. Além disso, ele pediu a legislatura para apoiar um projeto de lei que acabaria com as cidades santuário no estado. O temo “santuário” é utilizado quando determinada cidade, condado ou estado limita a colaboração com os agentes do Departamento de Imigração (ICE).

Durante uma coletiva de imprensa com o escritório do xerife do Condado de Hernando e legisladores locais, DeSantis também pediu ao Departamento de Correções da Flórida para rever a participação do estado num programa federal que permite policiais treinados a questionarem o status migratório de indivíduos detidos. O programa, conhecido como Acordo 287(g), permite que policiais locais detenham e investiguem pessoas suspeitas de terem burlado as leis migratórias em nome do ICE. Cinco condados na Flórida: Hernando, Clay, Collier, Pasco e Jacksonville assinaram contrato com o programa.

“O que eles (condados) estão fazendo é algo bastante sensível. Eles não estão transformando os escritórios dos xerifes numa agência de imigração”, alegou DeSantis. “Entretanto, quando você tem alguém que está sob a custódia deles, enfrentará a justiça e não estão aqui legalmernte, faz sentido ser capaz de atuar com as autoridades federais”.

DeSantis é republicano e apoiador declarado do Presidente Donald Trump que enfatizou uma posição linha-dura com relação ao cumprimento das leis migratórias durante a campanha dele para governador. Ele declarou apoio à uma proposta que proíbe cidades e condados de limitar a cooperação com o ICE.

Atualmente, nenhuma penitenciária nos condados limita a colaboração com o ICE, ou seja, acatam petições emitidas pelas autoridades migratórias. Essas petições pedem que detentos fiquem presos por mais tempo para que sejam transferidos para a custódia do ICE.

“Nós realmente precisamos aprovar uma legislação na Flórida que combata as jurisdições santuário e cidades santuário. Você não deveria ser permitido burlar as leis federais”, disse ele.

O Governador também participou de uma conferência de imprensa que contaram com a presença de duas famílias as quais alegaram que seus entes queridos foram mortos por imigrantes indocumentados em Kissimmee e Jacksonville.

 

Related posts

Comentários

Send this to a friend