“Horário de recolher” para menores já vigora em Newark

Foto17 Delegacia de Policia NWK “Horário de recolher” para menores já vigora em Newark
Os policiais levarão os menores desacompanhados encontrados nas ruas para a delegacia mais próxima

A ordenança municipal começou na sexta-feira (6) e durará até setembro

Desde sexta-feira (6), está vigorando o “horário de recolher” (curfew) para menores de idade desacompanhados e durará até setembro, anunciaram as autoridades municipais. Os jovens menores de 18 anos que forem encontrados por policiais entre 11:00 pm e 5:30 am a mais de 100 jardas (91.4 metros) de distância de suas casas serão levados à delegacia de polícia mais próxima, conforme determina a ordenança municipal.

“Nós queremos que as crianças em nossa cidade aproveitem os meses de verão de forma segura ao limitar a oportunidade de que elas entrem em contato com atividades criminosas”, disse o Prefeito Ras Baraka. “O lugar mais seguro para crianças à noite é sob a supervisão atenta de seus pais ou outro adulto de confiança e não nas ruas. Essa iniciativa visa garantir que as crianças e, todos os residentes de Newark, tenham um verão alegre e seguro”.

O “horário de recolher” na maior cidade de New Jersey começou durante a 2ª Guerra Mundial, explicou o porta-voz municipal Frank Baraff. Na época, mais mulheres começaram a trabalhar e os homens estavam no exterior lutando no conflito, fazendo com que muitas crianças ficassem desacompanhadas.

“O ‘curfew’ tem sido uma coisa antiga em Newark”, disse Baraff, acrescentando não ter certeza se a prática tem sido aplicada continuamente desse a 2ª Guerra Mundial.

A ordenança municipal não se aplica aos menores que estejam circulando para ou de volta de um trabalho legal ou quaisquer atividades extracurriculares, religiosas ou comunitárias. Caso um menor esteja envolvido numa “tarefa de emergência”, o “horário de recolher” também não se aplica. O diretor do Departamento de Segurança Pública, Anthony F. Ambrose, pediu aos pais para obedecerem o “horário de recolher” ao mesmo tempo em que a polícia “trabalha diligentemente para ampliar a presença policial em todas as vizinhanças”.

“O nosso plano é reduzir as possibilidades de crianças se tornarem vítimas da criminalidade ou se envolverem inadvertidamente em atividades criminosas”, disse Ambrose.

O menor, pais ou guardião receberão um aviso para comparecer ao tribunal caso ocorra uma 3ª violação no período de 6 meses em que a 2ª infração ocorreu. As multas variam entre US$ 100 e US$ 1 mil.

 

Related posts

Comentários

Send this to a friend