Horário de verão nos EUA termina no domingo (3)

Foto13 Horario de verao Horário de verão nos EUA termina no domingo (3)
Em 3 de novembro, o pôr do sol será às 5:50 pm, em Newark (NJ), e às 4:49 pm no dia seguinte

O ponteiro do relógio deverá ser atrasado 1 hora, portanto, o nascer e pôr do sol serão uma hora mais cedo nesse dia

Este ano, o horário de verão termina às 2:00 da madrugada no domingo (3). Neste dia, os ponteiros do relógio devem ser atrasados 1 hora. Quando termina o horário de verão, os relógios devem voltar para 1:00 pm e o sol nascerá 1 hora antes naquela manhã. O lado negativo é que escurecerá 1 hora mais cedo. Em 3 de novembro, o pôr do sol será às 5:50 pm, em Newark (NJ), e às 4:49 pm no dia seguinte.

Os moradores na região sul de New Jersey terão um dia pouco mais longo, pois o pôr do sol em Atlantic City será às 4:53 pm. No geral, os residentes na área têm entre 5 a 9 minutos a mais da luz do dia em comparação com a região norte do Estado Jardim.

O horário de verão tem o objetivo de aproveitar melhor o uso da claridade do dia transferindo 1 hora da parte da manhã para a noite. O arquiteto inglês William Willet propôs inicialmente a ideia em 1907, quando publicou o artigo “Desperdício da Claridade do Dia”. Acredita-se que a ideia dele surgiu de uma epifania que ele teve que “o sol brilha sobre a terra por muitas horas durante todos os dias enquanto nós dormimos e rapidamente se aproxima do horizonte, já ultrapassando o limite do Ocidente, quando chegamos à casa depois de um dia de trabalho”. Ele sugeriu a ideia ao Parlamento em 1908, mas ela foi rejeitada.

Após ouvir a ideia proposta na Inglaterra, a Alemanha se tornou o 1º país a adotar o horário de verão em 1916, durante a 1ª Guerra Mundial, na esperança de poupar combustível enquanto combatia os exércitos estrangeiros. Quase 2 anos depois, após entrar na 1ª Guerra Mundial, os EUA puseram em prática o horário de verão também como forma de poupar combustível. Posteriormente, outros países europeus aderiram à ideia.

O horário de verão nos EUA começará novamente em março de 2020, e terminará em novembro do mesmo ano.

. Suspensão do horário de verão no Brasil:

Teoricamente, no dia 3 de novembro de 2019 começaria o horário de verão 2019-2020, data em que os relógios deveriam ser adiantados em 1 hora, ajustando-se à meia-noite para 1 hora da manhã. Entretanto, este ano tal medida não será adotada. No início de abril de 2019, o presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, afirmou que este ano não haverá horário de verão. Os argumentos são as mudanças nos hábitos e rotina dos brasileiros, tais como a utilização de lâmpadas econômicas e o maior uso de ar condicionado, o qual aumenta de forma expressiva o consumo de energia no meio da tarde. Tais fatores, segundo o presidente, contribuem para que não haja mudança significativa no consumo de energia.

O horário de verão é uma estratégia adotada pelo governo brasileiro com a finalidade de reduzir o consumo de energia. Consiste no adiantamento dos relógios durante a primavera e o verão, quando os dias são mais longos. Dessa forma, as pessoas aproveitam mais a iluminação natural do Sol e contribuem para o racionamento de energia elétrica.

Foi implantado pela primeira vez no Brasil com o Decreto de Lei nº 20.466, de 1º de outubro de 1931 e decretava o adiantamento dos relógios em todo o território do país. Hoje em dia, os estados da região Norte e Nordeste não participam da medida. Depois disso, houve vários anos em que não foi realizado. Porém, desde 1985 até 2018 a medida foi adotada todos os anos. Sendo que em 2018, o horário de verão aconteceu mais tarde do que o comum, por conta das eleições.

Hoje em dia, o horário de verão ocorre em dezenas de países. Os países que não participam estão localizados na faixa equatorial, onde não existem grandes variações de temperaturas e estações. Não se sabe se essa decisão de acabar com a medida no Brasil será mantida nos próximos anos ou não.

 

Related posts

Comentários

Send this to a friend