ICE deporta fugitivo procurado por homicídio

Foto5 Oshane Wayne Thompson ICE deporta fugitivo procurado por homicídio
Agentes do ICE entregaram Oshane Wayne Thompson às autoridades jamaicanas (Foto: ICE)

Oshane Wayne Thompson é acusado de matar a tiros um rival durante uma disputa amorosa

Na quinta-feira (6), agentes do Departamento de Imigração (ICE) deportaram Oshane Wayne Thompson, de 24 anos, que era procurado em seu país de origem por homicídio. Ele foi retirado dos EUA a bordo do voo ICE Air Operations Charter e transferido para a custódia das autoridades jamaicanas.

“Diariamente, nós focalizamos criminosos estrangeiros em Nova York, muitos deles como Thompson que são procurados em seus países de origem por acusações de assassinato”, disse Thomas R. Decker, diretor do Departamento de Operações de remoção (ERO) em Nova York. “É importante reconhecer que os agentes do ICE fazem cumprir as leis de imigração e removem criminosos estrangeiros das ruas da cidade em benefício do interesse público e mantendo as nossas vizinhanças livres daqueles que buscam refúgio no cumprimento da justiça por seus atos criminosos”.

Conforme as autoridades jamaicanas, em 12 de junho de 2017, Thomson se envolveu numa discussão com um indivíduo sobre uma mulher, sacando uma arma de fogo, atirando no rival, que não resistiu aos ferimentos. Em 13 de junho de 2017, Thompson embarcou num voo rumo aos EUA e entrou legalmente como turista, sem autorização para permanecer nos EUA após 13 de dezembro de 2017. Em 19 de junho de 2017, a Interpol emitiu um Alerta Vermelho em nome do foragido por homicídio.

Em 26 de junho de 2017, o Centro Nacional de Análises Criminosas (NCATC) do ERO, em Williston, Vermont, informou o ERO em Nova York que Thompson poderia estar vivendo na região metropolitana de New York City. Em 28 de junho de 2017, o Departamento de Estado cancelou o visto de turista do foragido. Em 19 de março de 2018, Thompson foi detido por agentes do ERO das jurisdições de New York City e Newark, na cidade de Pennsauken (NJ), sob a acusação de ter burlado as leis migratórias.

Em 2 de agosto de 2018, Thompson recebeu ordem de deportação por um juiz de imigração em New York City e abandonou o direito de apelação, consequentemente, permitindo a deportação para a Jamaica.

Desde 1 de outubro de 2009, o ERO já removeu mais de 1.700 fugitivos estrangeiros dos EUA quer estavam sendo procurados em seus países de origem por crimes graves, incluindo sequestro, estupro e homicídio. No ano fiscal de 2017, o ICE realizou 226.119 deportações em todo o país. Segundo as autoridades, 83% dos indivíduos deportados no interior do EUA haviam sido condenados por crimes.

 

Related posts

Comentários

Send this to a friend