ICE deporta indocumentado procurado por homicídio

Foto17 Moises de Jesus Ruiz Mejia ICE deporta indocumentado procurado por homicídio
Em 1 de maio de 2019, os agentes do ICE prenderam Moisés de Jesus Ruiz Mejia depois que a Interpol San Salvador emitiu um Aviso Vermelho em busca dele por homicídio (Foto: ICE)

Moisés de Jesus Ruiz Mejia entrou clandestinamente nos EUA um dia antes de o governo salvadorenho ter emitido o mandado de prisão

Um imigrante indocumentado natural de El Salvador, procurado em seu país de origem por homicídio com agravantes e envolvimento em uma organização terrorista, foi deportado na terça-feira (29) por agentes do Setor de Operações de Remoção & Imigração (ERO) do Departamento de Alfândega & Imigração (ICE). Moisés de Jesus Ruiz Mejia, de 25 anos, foi transportado de avião para El Salvador em 29 de outubro em um voo comercial, saído de St. Paul (Minn.). Na chegada ao país, oficiais da ERO transferiram o imigrante para a custódia dos oficiais da Polícia Nacional Civil de El Salvador (PNC).

O escritório da ERO em El Salvador e sua força-tarefa Aliança de Segurança para Execução Fugitiva (SAFE) forneceram assistência valiosa para efetivar essa deportação.

Em 1 de maio de 2019, os agentes do ICE prenderam Mejia depois que a Interpol San Salvador emitiu um Aviso Vermelho em busca dele por homicídio com agravantes e por seu envolvimento na Gangue da Rua 18 (Sureños 18).

Moisés entrou clandestinamente nos EUA em 12 de outubro de 2018, um dia antes de o governo salvadorenho ter emitido o mandado de prisão considerando-o como suspeito de homicídio.

“A cooperação contínua e eficaz entre as autoridades policiais dos EUA e de El Salvador ajuda a manter nossas comunidades protegidas contra estrangeiros violentos que tentam encontrar refúgio nos Estados Unidos por seus crimes”, disse Peter Berg, diretor do ICE-ERRO, na jurisdição de St. Paul. “Esses casos enfatizam a natureza vital das operações de imigração da ICE”.

A operação fez parte da Iniciativa SAFE da ERO. A Iniciativa SAFE é voltada para a identificação de fugitivos estrangeiros que são procurados no exterior e removíveis conforme a lei de imigração dos EUA. O SAFE se alinha às prioridades de segurança pública da ERO e elimina a necessidade de pedidos formais de extradição.

 

Related posts

Comentários

Send this to a friend