ICE diz estar pronto para deportar 1 milhão de imigrantes indocumentados

Foto21 Ken Cuccinelli ICE diz estar pronto para deportar 1 milhão de imigrantes indocumentados
“Eles (os imigrantes) já passaram pelo processo duplo e possuem ordens de deportação”, disse Ken Cuccinelli

Em junho, o Presidente Donald Trump disse que “milhões” seriam deportados através de uma nova onda de batidas migratórias

O diretor do Departamento de Cidadania & Serviços Migratórios (USCIS) disse que as autoridades migratórias estão prontas para identificar, deter e eventualmente deportar aproximadamente 1 milhão de imigrantes indocumentados que possuem ordens de deportação pendentes.

“Eles (agentes) estão prontos para cumprir a missão deles, que é ir, encontrar, deter e então deportar aproximadamente 1 milhão de pessoas que possuem ordens finais de remoção”, disse o diretor Ken Cuccinelli durante entrevista ao programa Face the Nation, no domingo (8). Ele referiu-se ao Departamento de Imigração (ICE) e o Departamento de Segurança Nacional, ambos encarregados de realizar as deportações.

Cuccinelli, cuja postura com relação à imigração é conservadora e assumiu a liderança do órgão em junho, disse que o ICE tem livre arbítrio para determinar quem aqueles entre os que possuem ordens finais de deportação serão focalizados nas batidas.

“Eles (os imigrantes) já passaram pelo processo duplo e possuem ordens de deportação. Quem entre estes será o alvo nesta ação em particular. Trata-se de informação sigilosa do ICE nesse momento”, acrescentou. “O número daqueles com ordens finais de remoção é enorme”.

Embora ele administre um órgão responsável por conceder ou vetar benefícios aos imigrantes e refugiados, Cuccinelli tem frequentemente comentado sobre as missões de outros órgãos subordinados ao DHS, além de criticar democratas, no Twitter ou programas de televisão. Os comentários do líder do USCIS sugerem que o ICE está pronto para realizar a série de batidas que o Presidente Donald Trump anunciou e depois suspendeu em junho.

Há 2 semanas, o Presidente informou que suspenderia uma onda de detenções de famílias indocumentadas, mas ameaçou ordenar deportações em massa ao menos que os congressistas democratas concordassem em atualizar o sistema de asilo da nação em 2 semanas. Os esforços de reformar o sistema migratório dos EUA falharam durante as administrações democratas e republicanas. Além disso, não existe uma legislação com apoio bipartidário suficiente para ser aprovada no Congresso, especialmente durante o prazo que Trump determinou.

Na sexta-feira (5), o Presidente disse que as batidas “começariam muito em breve”.

Em decorrência das batidas, as quais o ICE disse que enviariam uma “mensagem poderosa” de desencorajamento aos imigrantes em potencial da América Central que estiverem pensando viajar rumo à fronteira entre o México e os EUA. As autoridades planejam realizar uma série de batidas em metrópoles dos EUA para deter e deportar famílias que receberam ordens finais de deportação de um juiz.

Em junho, o Presidente disse que “milhões” seriam deportados através de uma nova onda de batidas migratórias; algo quase que logisticamente impossível devido aos recursos e a quantidade dos agentes que o ICE dispõe.

 

Related posts

Comentários

Send this to a friend