ICE prende imigrante em tribunal no Brooklyn

Foto3 Agente ICE ICE prende imigrante em tribunal no Brooklyn
Até o momento, os agentes do ICE realizaram 39 detenções nos tribunais de NY (Foto: ICE)

Genaro Rojas Hernandez é acusado de agredir a esposa e aguardava a audiência

Na terça-feira (28), agentes do Departamento de Imigração (ICE) arrastaram para fora do prédio de um tribunal no Brooklyn (NY) um imigrante indocumentado. O incidente resultou em um confronto verbal ferrenho entre a advogada de defesa e as autoridades judiciais.

Os agentes à paisana prenderam Genaro Rojas Hernandez enquanto ele estava sentado em um banco conversando com a advogada dele, Rebecca Kavanaugh. Eles aguardavam num dos corredores do prédio a audiência relacionada ao caso de violência doméstica.

Genaro, de 30 anos e pai de 2 filhos, é natural do México e enfrenta a acusação de ter agredido a esposa. Ele é indocumentado e vive nos EUA há 15 anos, entretanto, não possui antecedentes criminais. O réu foi algemado e arrastado pelos agentes do ICE, mas, antes disso, Rebecca foi empurrada para longe por funcionários do tribunal.

Os agentes “de repente o agarraram” antes de empurrá-la, detalhou a advogada ao jornal NY Post. No momento, não foi explicado para onde Hernandez estava sendo levado ou se os agentes tinham um mandado de prisão.

“Eles estavam empurrando e me expulsando pela porta”, relatou a advogada. “Tratava-se de um delito simples; a caminho de ser desconsiderado. Eu não pude acreditar naquilo que estava acontecendo porque os funcionários do tribunal não estão permitidos a, não deveriam ajudar os agentes do ICE a realizar prisões”.

Incluindo o incidente de segunda-feira, os agentes do ICE entraram em vários tribunais de Nova York 79 vezes desde janeiro de 2017, segundo dados fornecidos pelo Escritório de Administração das Cortes. Até o momento, foram realizadas 39 detenções. Em todo o estado, tem ocorrido o aumento de 900% das prisões realizadas pelo ICE em tribunais desde que a administração acirrou o combate aos imigrantes indocumentados, conforme a ONG Immigrant Defense Project.

A porta-voz das Cortes Estaduais, Lucien Chalfen, negou a versão do incidente dada pela advogada. “O incidente ocorrido hoje na Corte Criminal do Brooklyn envolveu quatro advogados que teriam interferido num ato de prisão e somente o profissionalismo e determinação dos funcionários envolvidos não houve ferimentos e os advogados não foram presos por obstruírem a administração governamental”, alegou.

“Nós não facilitamos ou impedimos os agentes do ICE quando eles realizam uma detenção no interior dos tribunais no estado de Nova York”, acrescentou.

Os funcionários da Corte alegam que Kavanagh gritou para Hernandez “correr”, entretanto, ela nega isso veemente. “A ideia de que eu estava tentando interferir numa prisão é louca. Eu sou uma autoridade no tribunal. Eu sou uma advogada. Eu nunca tentaria interferir numa prisão”, disse ela.

Um grupo de ativistas rapidamente mobilizou-se do lado de fora da Corte do Brooklyn em protesto. “O que nós queremos? O ICE fora!” Entoou o grupo.

 

 

Related posts

Comentários

Send this to a friend